1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Confusão em São Januário rende denúncia a um torcedor do Fla

- Atualizado: 15 Fevereiro 2016 | 13h 04

O tumulto envolvendo torcedores do Flamengo no clássico vencido pelo Vasco por 1 a 0, no domingo, rendeu a autuação de 15 pessoas, mas apenas uma delas - cujo nome não foi revelado - será denunciada à Justiça por já ter passagem pela polícia. Os demais foram beneficiados por transação penal com o Ministério Público e terão pena mais branda, como prestação de serviços.

Todos eles foram detidos por volta das 15h30 no Estádio São Januário, acusados de depredação a um dos banheiros. Eles foram encaminhados ao Plantão do Juizado do Torcedor e dos Grandes Eventos e autuados pelo juiz Mário Olinto por violação ao artigo 41 B do Estatuto do Torcedor (promover tumulto, praticar ou incitar a violência, ou invadir local restrito aos competidores em eventos esportivos).

Os Juizados Especiais têm competência para conciliação, julgamento e execução de infrações de menor potencial ofensivo - aquelas cujas penas não ultrapassem dois anos de detenção. Nesses casos, a transação penal é comum. Ela inclui desde serviços prestados à comunidade até o pagamento de multa.

No domingo, a assessoria de comunicação da PM informou que seriam 17 presos, mas o Tribunal de Justiça do Rio informou a autuação de 15. Além da autuação na Justiça, os flamenguistas deverão ser processados pelo Vasco por depredação de patrimônio.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX