Reuters/Carl Recine
Reuters/Carl Recine

Conte alega 'lesão séria' e diz não saber quando David Luiz volta ao Chelsea

Brasileiro não joga pelo Campeonato Inglês há mais de um mês

Estadão Conteúdo

15 Dezembro 2017 | 19h05

Enquanto crescem os rumores sobre a possível saída de David Luiz do Chelsea, o técnico Antonio Conte voltou a falar da situação do atleta nesta sexta-feira. E reforçou que o afastamento do zagueiro dos gramados se dá por uma lesão no joelho, que o treinador classificou como "séria".

Fifa se diz preocupada com interferência governamental no futebol da Espanha

"Nós estamos tentando resolver a situação com os médicos. É importante acompanhar a situação dia a dia para tentar resolver o problema. Trata-se de uma lesão séria", declarou o italiano.

David Luiz não joga pelo Campeonato Inglês há mais de um mês, desde a vitória sobre o Bournemouth no dia 28 de outubro, quando foi titular. De lá para cá, sequer entrou em campo nas partidas do Chelsea pela competição.

Primeiro dia de deliberações dos jurados do 'Caso Fifa' termina sem definições

Inicialmente, Conte admitiu que a decisão pela saída de David Luiz da equipe era técnica e promoveu o jovem dinamarquês Christensen à titularidade. Posteriormente, porém, revelou uma inflamação no joelho do zagueiro e, por isso, passou a sequer relacioná-lo para as partidas.

"Eu não sei quando ele poderá voltar a jogar, mas, com certeza, estamos tentando resolver a situação com os médicos e nosso departamento. O jogador está trabalhando separado e, nos últimos dias, ficou na piscina. Hoje, eu o vi no campo tentando correr um pouco, mas estava muito devagar", disse Conte.

França enfrentará a Irlanda em amistoso antes da Copa do Mundo

De acordo com a imprensa inglesa, porém, o afastamento de David Luiz se deu por um entrevero justamente com Conte por causa da perda da titularidade. Nesta sexta, alguns veículos chegaram a noticiar que o brasileiro teria dado um ultimato ao treinador e pedido para ser negociado caso não volte a ter um lugar na equipe.

"Todo jogador fica frustrado quando não joga, especialmente quando tem uma lesão. Claro, há muita frustração que a lesão traz, porque todo jogador quer treinar e mostrar para o técnico que pode jogar. Entendo, porque já fui jogador e quando me lesionei, fiquei muito triste. Mas faz parte do trabalho", comentou Conte.

Mais conteúdo sobre:
futebol futebol Chelsea David Luiz

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.