1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

'A Copa perdeu uma estrela', diz Blatter sobre lesão de Neymar

Jamil Chade - O Estado de S. Paulo

05 Julho 2014 | 17h 07

Presidente da Fifa se pronunciou por meio do Twitter, mas não comentou sobre a possível punição ao colombiano Camilo Zúñiga

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, afirmou neste sábado que a Copa do Mundo "agora perdeu uma estrela" com a saída de Neymar do torneio. Em uma mensagem em sua conta oficial no Twitter, o cartola desejou uma recuperação rápida para o jogador. Mas não falou uma palavra sobre uma eventual punição ao atleta colombiano, Camilo Zuñiga.

"Li que você voltou para casa, Neymar", escreveu Blatter. "A Copa do Mundo agora perdeu uma estrela". disse. "Recupere-se logo e volte aos campos", desejou o cartola.

Nesta manhã de sábado, o Comitê de Disciplina da Fifa começou a avaliar se adotará uma sanção contra Zuñiga, que atingiu Neymar no jogo de sexta-feira em Fortaleza, pelas quartas de final do Mundial. Imagens e informes foram avaliados e o caso agora está sendo examinado pelo Comitê de Disciplina da entidade, no Rio. O colombiano pode ser punido com suspensões e multas.

Reprodução/Twitter
Blatter usou o Twitter para desejar melhoras a Neymar

A joelhada não foi vista pelo árbitro e o jogo seguiu, sem mesmo uma falta. "O Comitê de Disciplina da Fifa está avaliando o caso", confirmou a porta-voz da Fifa, Delia Fischer.

Enquanto isso, assessores legais próximos à CBF já examinam a possibilidade de pedir à Fifa que abra uma investigação contra Zuñiga, que com a joelhada nas costas de Neymar o tirou da Copa do Mundo.

A meta dos brasileiros é a de conseguir uma punição equivalente ao que o jogador uruguaio Luis Suárez obteve depois de morder um adversário.

Assim que os exames revelaram a gravidade da contusão, os advogados entraram em ação para estudar todas as possibilidades legais. O lance representou o fim da participação do craque brasileiro das semifinais e eventualmente de uma grande final no Maracanã.

A avaliação é a de que um lance que coloca em risco outro atleta deveria ter, no mínimo, o mesmo nível de sanção aplicado a Suárez, punido com nove partidas de suspensão, quatro meses afastado do futebol e multa. E ele foi punido de forma dura por causa de uma mordida que sequer tirou o adversário (Chiellini, da Itália) do Mundial.

Copa 2014