1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Agressividade do Brasil e árbitro preocupam a seleção da Alemanha

Mateus Silva Alves- enviado especial a Santa Cruz Cabrália - O Estado de S. Paulo

06 Julho 2014 | 13h 36

'Ainda temos a imagem da seleção brasileira como um time de 11 artistas em campo, mas o futebol daqui mudou', diz Schweinsteiger

Desde que soube que enfrentaria o Brasil na semifinal da Copa do Mundo, a Alemanha tem se preparado para jogar contra uma equipe fisicamente muito forte e bastante agressiva, às vezes até demais. Um time pouco brasileiro, em outras palavras. E os integrantes da seleção alemã já deixam transparecer uma certa preocupação com a atuação do árbitro da partida. Há o temor de que o homem do apito deixe os brasileiros abusarem das faltas, como já ocorreu ao longo do Mundial.

"Nós observamos que em algumas ocasiões eles (jogadores da seleção brasileira) agem no limite do que seria legal", comentou Hansi Flick, auxiliar-técnico da equipe alemã, sem que ninguém lhe perguntasse sobre o assunto.

Thomas Eisenhuth/EFE
Schweinsteiger se mostra impressionado com a mudança do futebol brasileiro

A sensação de que o time comandado por Luiz Felipe Scolari tem muito pouco a ver com a velha escola brasileira de futebol é bastante forte na delegação da Alemanha. A ponto de um jogador como Schweinsteiger mostrar-se impressionado com a agressividade do Brasil.

"Gosto de um futebol com contato mais forte, mas eu tenho visto algumas faltas muito ruins na Copa do Mundo", disse o volante do Bayern de Munique. "Nós ainda temos a imagem da seleção brasileira como um time de 11 artistas em campo, mas o futebol daqui mudou. Não há mais aqueles passes mirabolantes. Mas eles são grandes lutadores e temos de nos preparar para enfrentá-los."

Segundo Hansi Flick, a Alemanha tem hoje 22 jogadores em perfeitas condições físicas, apesar da "epidemia" de gripe que atingiu a seleção na semana passada - o único que está fora de combate é o zagueiro reserva Mustafi, que sofreu uma grave lesão muscular.

Copa 2014

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo