1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Após cobranças de Luiz Felipe Scolari, Dante admite desatenção

Leandro Silveira - Agência Estado

01 Junho 2014 | 15h 30

Zagueiro do Bayern de Munique será titular da seleção brasileira no amistoso contra Panamá

TERESÓPOLIS - O segundo treinamento coletivo da seleção brasileira na preparação para a Copa do Mundo, realizado neste domingo, acabou ficando marcado pelas intensas cobranças de Luiz Felipe Scolari, tanto que a atividade acabou logo após o segundo gol marcado pelos reservas, que perderam a atividade por 3 a 2, com o treinador esbravejando em direção aos titulares. Os jogadores, porém, encararam as reclamações com naturalidade. O zagueiro Dante admitiu, inclusive, que faltou atenção ao time.

Companheiro de zaga de David Luiz entre os titulares, pois Thiago Silva será poupado no amistoso de terça-feira com o Panamá, Dante explicou que Felipão fez cobranças em relação posicionamento defensivo nos contra-ataques, caso do segundo gol dos reservas, marcado por Willian, e também nas jogadas aéreas.

Leo Correa/AP
Brazil's palyers Dante, left, and David Luiz wait for a corner kick during a practice session at the Granja Comary training center in Teresopolis, Brazil, Sunday, June 1, 2014. Brazil's team will travel this Sunday for the team's warm-up against Panama on Tuesday in preparation for the World Cup soccer tournament that starts on 12 June. (AP Photo/Leo Correa)

"A cobrança foi por causa da nossa atenção, estávamos desatentos. Cochilamos no escanteio e, depois, no lance com dois contra um. Então foi mais sobre a nossa reação em campo. Bola parada é 50% dos gols de todos os times. É um fundamento que será muito importante na Copa, precisamos ter cuidado com isso para vencê-la", disse o zagueiro do Bayern.

O lateral-esquerdo Maxwell também explicou as cobranças de Felipão e as avaliou como fundamentais para o sucesso da seleção. "Temos recebido cobranças principalmente sobre as jogadas de contra-ataque. É algo normal, o time está começando a fazer os coletivos, e precisamos pegar entrosamento e a forma tática. É importante a cobrança do Felipão, nos dando toques, para que possamos melhorar", afirmou o jogador.

Dante destacou também que existe a cobrança mútua entre os jogadores. "A comunicação é importante, pois fica mais fácil para corrigir uma jogada errada e não repeti-la mais. A comunicação ajuda o companheiro a saber se está sozinho. E fico muito feliz em ver que todos estão se falando, temos que melhorar e isso faz parte da nossa preparação. Se o chefe falou que não está contente, nem preciso responder", avaliou o zagueiro.

Maxwell, no entanto, não acredita que a má atuação de alguns titulares nos treinamentos possa levar a Felipão a mudar a formação da seleção. "Não existe conversa nesse sentido. Dentro de campo, ele dá os conselhos, fala para matar as jogadas. Ele tem o comando sobre o grupo. Sabemos que o coletivo não é o jogo. Temos que respeitar", comentou.

Após o treinamento deste domingo, a seleção brasileira viaja ainda nesta noite para Goiânia, onde vai enfrentar o Panamá, no Serra Dourada, na próxima terça-feira, em amistoso de preparação para a Copa do Mundo. Na segunda, a equipe realizará um treinamento no estádio às 16 horas, no mesmo horário da partida do dia seguinte.

Copa 2014