1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Após quebrar rival, francês Matuidi promete 'não mudar'

Agência Estado

02 Julho 2014 | 15h 38

França e Alemanha se enfrentarão nesta sexta-feira, no Maracanã

O volante francês Blaise Matuidi disse nesta quarta-feira que não irá mudar seu estilo de jogo - baseado na força - para as quartas de final da Copa do Mundo, contra a Alemanha, no sábado, no Maracanã. O jogador manteve a postura mesmo escapando por pouco de levar um cartão vermelho nas oitavas de final, na partida diante da Nigéria, na última segunda, quando em uma entrada ríspida contundiu um adversário.

"Não vou mudar nada em meu jogo, (levando) cartão amarelo ou não", afirmou aos repórteres em Ribeirão Preto, base da seleção da França neste Mundial. "Não fico pensando em cartão amarelo. Isso é um sonho para nós, mas agora não temos tempo para aproveitar", completou.

David Vincent/AP
Matuidi escapou por pouco de um cartão vermelho no jogo contra a Nigéria

Matuidi teve sorte de só ter sido advertido com o cartão amarelo na partida contra os nigerianos. O francês deu uma entrada forte no meio-campista Ogenyi Onazi, que deixou o campo de jogo imediatamente. Após a partida, exames confirmaram que houve uma fratura na tíbia, o que vai deixar o jogador da Lazio por seis meses fora dos gramados. Sabendo das consequências, o francês se desculpou e disse que tinha sido "mais imprudente do que maldoso".

Perguntado sobre favoritismo, o atleta do Paris Saint-Germain preferiu deixar esse rótulo com os alemães, em função das últimas campanhas - eles jogaram duas semifinais e uma final nos últimos três Mundiais. No entanto, ele disse que, ao pé da letra, não há favoritos.

"Na noite de sexta-feira não vão haver favoritos. Nós vamos dificultar as coisas para eles e, com isso, queremos avançar", afirmou, acrescentando que "todos sabem muito bem que tudo pode acontecer" no duelo.

Copa 2014