1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Chile já fala em 'final' no duelo contra Espanha na quarta-feira

VÍTOR MARQUES - Enviado especial a Belo Horizonte - O Estado de S. Paulo

15 Junho 2014 | 17h 13

Atacante Esteban Paredes refuta possibilidade de jogar pelo empate

A goleada que a seleção espanhola sofreu da Holanda (5 a 1) foi um dos assuntos principais da coletiva de imprensa dos jogadores chilenos neste domingo. Chile e Espanha, que estão no Grupo B, se enfrentam na quarta-feira no Maracanã. "Será um jogo de vida ou morte para eles. E, para nós, uma final, porque podemos nos classificar", afirmou o atacante Esteban Paredes.

O Chile venceu a Austrália na estreia do Mundial por 3 a 1. Em tese, um empate com os espanhóis seria um ótimo resultado para a seleção do técnico Jorge Sampaoli. Assim, o time iria a quatro pontos e deixaria a Espanha com apenas um (e um enorme saldo de gols para descontar na última rodada, quando enfrentará os australianos).

"Em nenhum momento vamos jogar pelo empate, vamos jogar para ganhar", avisou Paredes. "A chave (para vencer a Espanha) é quando ataca com rapidez do meio para frente, como fizeram Robben, Van Persie, nós temos Eduardo (Vargas), Alexis (Sanchez). Podemos fazer da mesma forma."

Para o volante Felipe Guttierez, a derrota da Espanha para a Holanda, apesar do placar, não significa o fim da atual campeã do mundo. "A Espanha não é mesma de quatro anos atrás, mas não a vejo mais vulnerável, mas é um time experiente, e pelo que fez nos últimos anos ainda é uma das candidatas", avisou.

Clayton de Souza/Estadão
Esteban Paredes diz que o Chile vai jogar pela vitória contra a Espanha

Copa 2014