Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » Clima do Brasil cria duas Copas diferentes, diz italiano Pirlo

Futebol

esportes

Copa 2014

Clima do Brasil cria duas Copas diferentes, diz italiano Pirlo

Meia compara temperaturas díspares das regiões do País e diz que a seleção italiana foi prejudicada por jogar em Manaus e no Recife

0

Michael Kahn,
REUTERS

23 Junho 2014 | 17h53

Há duas Copas do Mundo acontecendo no Brasil, uma nas regiões mais quentes, como Norte e Nordeste, e outra nas mais frias, no Sul e Sudeste, e a Itália está pagando o preço de jogar em ambientes de calor e humidade, disse o meia Andrea Pirlo nesta segunda-feira.

A Itália enfrentará o Uruguai na tarde de terça-feira em Natal, onde as temperaturas têm ficado em torno de 30 graus Celsius durante o dia --depois de partidas na úmida Manaus e na quente Recife.

"Estes fatores são definitivamente importantes, especialmente quando você vem a estes países com muito calor e umidade e enfrente jogadores mais acostumados a essas condições", disse Pirlo.

"Há duas Copas do Mundo. Uma no norte (do país) e uma no sul".

A tetracampeã Itália, que, como o Uruguai, tem três pontos em dois jogos, precisa de um empate em sua última partida no Grupo D para chegar às oitavas de final, considerando que possui um saldo de gols maior do que os sul-americanos.

O técnico italiano Cesare Prandelli disse que utilizar uma inédita parceria de ataque entre Mario Balotelli e Ciro Immobile é uma possibilidade.