1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Copa 2014

Fifa diz que não vai punir colombiano Camilo Zúñiga

Ronald Lincoln Jr. - O Estado de S. Paulo

07 Julho 2014 | 13h 06

CBF esperava que o lateral responsável por entrada forte, que tirou o brasileiro Neymar da Copa, fosse punido pela entidade

O colombiano Camilo Zúñiga ficará impune pela pancada que causou a fratura que tirou o atacante Neymar da Copa do Mundo. A Fifa informou, em seu site, na tarde desta segunda-feira, 7, que o lateral colombiano não receberá nenhuma punição pela infração. Também foi descartada punição ao árbitro Carlos Velasco Carballo, que teve a atuação muito contestada na partida entre Brasil e Colômbia, pelos dois lados.

Neymar sofreu uma pequena fratura na coluna no fim do jogo contra a Colômbia que rendeu ao Brasil a vaga para a semifinal. O tempo estimado de recuperação é de quatro a seis semanas.

Nilton Fukuda/Estadão
Neymar foi atingido nas costas e fraturou uma vértebra

"Nenhuma ação retrospectiva pode ser feita pelo Comitê Disciplinar da FIFA, já que o incidente envolvendo o jogador colombiano Juan Camilo Zúñiga Mosquera não escapou a atenção dos árbitros", diz o comunicado da Fifa.

A entidade também lamentou a contusão que afastou o jogador da Copa do Mundo. "A Fifa e o Comitê Disciplinar da Fifa lamenta quaisquer incidentes ocorridos dentro de campo que, em particular, têm um impacto negativo sobre a saúde dos jogadores."

Copa 2014