1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Copa 2014

Futuro da Arena da Amazônia preocupa e é motivo de polêmica

Raphael Ramos - Enviado especial a Brasília - O Estado de S. Paulo

29 Junho 2014 | 05h 00

Tribunal de Justiça do Amazonas já chegou a sugerir que o estádio seja transformado em um centro de triagem de presos 

O futuro da Arena da Amazônia preocupa. O governo do Estado, proprietário do estádio, já contratou uma empresa que deverá apresentar nos próximos meses um estudo com as opções mais viáveis de utilização do espaço.

Hoje, há duas possibilidades: o Estado continua com o estádio, e apenas repassa a operação para a iniciativa privada, ou abre licitação para concessão integral durante o período de 20 anos. Um dos principais entraves da operação é o alto custo de manutenção, estimado em aproximadamente R$ 500 mil por mês.

O destino do estádio, inclusive, é motivo de muita polêmica em Manaus. O Tribunal de Justiça do Amazonas já chegou a sugerir que a arena seja transformada em um centro de triagem de presos. Há quem defenda que o estádio, que custou quase R$ 670 milhões, seja vendido.

Dida Sampaio/Estadão
Há quem defenda que o estádio, que custou quase R$ 670 milhões, seja vendido

Copa 2014