1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Futuro de Suárez na Copa será definido nesta quinta-feira

Jamil Chade - Enviado especial ao Rio - O Estado de S. Paulo

26 Junho 2014 | 00h 43

Para tentar reverter uma possível punição que tire o jogador do Mundial, Federação Uruguaia pede solidariedade ao Comitê da Fifa

O futuro de Luis Suárez será definido nesta quinta-feira. Quem garante isso é o presidente da Federação Uruguaia de Futebol, Wilmar Valdez, que já deixou claro que Montevidéu vai recorrer de qualquer punição ao jogador. Suárez está sendo investigado pela Fifa pela mordida que deu em Chiellini, na partida em que o Uruguai venceu a Itália por 1 a 0 e garantiu vaga às oitavas de final. A Fifa pode puni-lo com uma suspensão superior a três jogos, que o tiraria de toda a Copa do Mundo. 

Na noite desta quarta-feira, o Comitê de Disciplina da Fifa se reuniu. Mas seu presidente, Claudio Sulser, se recusou a comentar qualquer tipo de decisão. Valdez, porém, deixa claro que o Uruguai está fazendo um lobby regional para conseguir apoio do resto da América do Sul para que o jogador permaneça na competição. "Vemos o futebol de forma diferente na nossa região", disse. "O que acontece não atinge apenas o Uruguai, mas todo o futebol sul-americano", insistiu. O cartola não escondeu que espera solidariedade dos vizinhos.

Segundo ele, além da defesa de que a mordida "jamais aconteceu", os uruguaios passaram o dia em reuniões com cartolas. "Tentamos convencê-los dessa realidade", indicou. Valdez voltou a repetir sua posição de que as imagens que estão de posse da Fifa não são conclusivas. "O que essas imagens mostram não é suficiente para provar nada", disse. Questionado sobre outras imagens divulgadas por outras emissoras, ele rejeitou os vídeos como provas. "Não conheço essas imagens", completou. 

Yasuyoshi Chiba e Daniel Garcia/AFP
Suárez mordeu o ombro de Chiellini e pode ficar fora do restante da Copa

Copa 2014