1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Copa 2014

Herrera vê 'penalti inventado' tirar México da Copa do Mundo

Sergio Torres - Enviado especial a Fortaleza - O Estado de S. Paulo

29 Junho 2014 | 16h 13

Para técnico, árbitro deveria ser afastado do Mundial pela Fifa

O treinador Miguel Herrera culpou o árbitro português Pedro Proença pela eliminação do México nas oitavas de final da Copa do Mundo, neste domingo, no Castelão, em Fortaleza. "O pênalti foi inventado", disse Herrera ao referir-se ao desempate holandês, garantido com a cobrança da penalidade por parte de Huntelaar aos 48 minutos do segundo tempo.

De acordo com o técnico mexicano, o árbitro deveria ser afastado do Mundial pela Fifa. "Estamos voltando amanhã (nesta segunda-feira) para casa. Ele também deveria voltar", afirmou o treinador após a partida, na qual não viu pênalti de Rafa Márquez sobre Robben no lance que originou o segundo gol holandês.

Para o mexicano, em três dos quatro jogos da Copa sua equipe foi prejudicada pela arbitragem. "Foram quatro jogos e em três tivemos arbitragens desastrosas. No fim, com a ajudazinha do árbitro, a Holanda conseguiu o resultado para ir à fase seguinte", lamentou.

Holanda x México
Javier Soriano/AFP

A virada histórica com gols nos últimos minutos leva o time holandês às quartas. A equipe enfrentará a Costa Rica

No duelo deste domingo no Castelão, o México se viu muito próximo da classificação, pois vencia a Holanda por 1 a 0 até os 42 minutos do segundo tempo, quando Sneijder empatou o jogo, apenas seis minutos antes da virada assegurada com o gol de Huntelaar.

Copa 2014