1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Martínez quer evitar a alcunha de 'Neymar equatoriano'

AE - Agência Estado

11 Junho 2014 | 21h 42

Atacante tem diversas semelhanças com o craque brasileiro

As semelhanças impressionam. O porte físico "magricelo", o cabelo descolorido penteado em estilo moicano e o jogo abusado, que privilegia o drible, faz com que muitos comparem o atacante Fidel Martínez, da seleção do Equador, ao craque brasileiro Neymar. O jogador, no entanto, quer deixar a própria marca nesta Copa do Mundo.

Perguntado sobre a semelhança com o camisa 10 da seleção brasileira, Martínez foi firme na resposta. "Quero ser sempre Fidel Martínez. É o mais importante", afirmou nesta quarta-feira, em entrevista coletiva em Viamão (RS), base do Equador para a Copa do Mundo.

Apesar de evitar a comparação com Neymar, o atacante colombiano mostrou grande respeito pelo futebol brasileiro, no qual atuou durante dois anos pelas equipes de base do Cruzeiro. "Tive no Brasil uma parte de minha formação, e aprendi muitas coisas no meu tempo de Cruzeiro", disse.

Rodrigo Buendia/AFP
Martínez quer evitar comparações com Neymar, mas exalta a seleção brasileira

Com apenas 24 anos, o Mundial do Brasil será o primeiro de Martinez. Por isso, o jovem atacante busca se espelhar em companheiros mais experientes para fazer um bom trabalho. "Temos que aprender com os companheiros mais experientes, que já jogaram Mundiais. Eles nos dão tranquilidade, apesar de sabermos que neste torneio não se pode falhar muito".

Martínez também falou sobre o jogo deste domingo, a estreia do Equador na Copa contra a Suíça, em Brasília. Para o atacante, a chave para um bom resultado será manter o jogo no chão. "Temos que manter a posse de bola e evitar o jogo aéreo, que é o forte da equipe deles. Vamos que jogar rápido", concluiu.

Copa 2014