1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Copa 2014

'Meu sonho não acabou. Foi interrompido', afirma Neymar

Sanches Filho Jr. - O Estado de S. Paulo

05 Julho 2014 | 14h 57

Craque brasileiro se despediu dos jogadores na Granja Comary e foi para o Guarujá, onde deve ficar durante a recuperação

Após fraturar a vértebra na partida contra a Colômbia, no Castelão, Neymar deixou a concentração da seleção brasileira neste sábado e se despediu de todos os atletas da equipe. A família do jogador não revelou onde ocorrerá a recuperação. O destino do camisa 10 da seleção deve ser o Guarujá, onde costuma ficar quando está no País.

Neste sábado, depois do almoço dos jogadores, Neymar fez questão de deixar a sua mensagem de incentivo para o grupo, que enfrenta a Alemanha na próxima terça-feira. "Me tiraram o sonho de disputar uma final de Copa do Mundo, mas o sonho de ser campeão mundial ainda não acabou. Faltam dois jogos e tenho certeza de que meus companheiros vão fazer de tudo para levantar esta taça", disse o camisa 10.

Neymar fraturou a terceira vértebra lombar após levar uma joelhada do lateral colombiano Zúñiga, aos 42 minutos do segundo tempo da partida desta sexta-feira, válida pelas quartas de final. A lesão impede o craque de continuar atuando na Copa do Mundo. Com isso, o camisa 10 não enfrentará a Alemanha na próxima terça-feira.

Após deixar Fortaleza, o jogador retornou para a Granja Comary, na madrugada deste sábado. O jogador fez o percurso entre o aeroporto e Teresópolis em uma ambulância que vinha atrás do ônibus da delegação do Brasil, após a vitória sobre a Colômbia. A decisão pela saída do craque foi um consenso da comissão técnica e do pai do jogador, que o acompanhou em todo o trajeto, de Fortaleza até o Rio, e depois na viagem terrestre para Teresópolis, na última madrugada.

Segundo a comissão técnica da seleção brasileira, a permanência de Neymar na Granja Comary não seria viável e atrapalharia a recuperação do jogador. Ele teria de ficar recluso na concentração com os deslocamentos do time. Emocionado, ele foi aplaudido de pé pelos companheiros. Neymar foi de helicóptero para o Rio de Janeiro, e depois seguiria para a casa da família no Guarujá.

CHEGADA

O helicóptero chegou na Base Aérea de Santos e em seguida uma ambulância transportou o jogador até o condomínio Acapulco. O veículo ingressou por um portão alternativo, normalmente usado para a saída dos moradores. Havia cerca de 150 torcedores aguardando o atacante do Barcelona. A namorada do jogador, Bruna Marquezine, é aguardada no condomínio e o filho do atacante Ronaldo, Ronald, já estava aguardando Neymar.

Entre os torcedores estavam as crianças Isabela, 11, e Pedro José, 9, que foram para o condomínio Acapulco com os pais na tentativa de ver Neymar, após chorar durante a lesão do jogador, na partida entre Brasil e Colômbia, nesta sexta-feira. Ao saber da chegada do atacante na cidade, a torcedora Sara Silva, 19,  foi correndo para a região onde se encontra a casa de Neymar para deixar uma carta com mais de 700 folhas, feitas pela jovem desde 2010. 

Fábio Motta/Estadão
Neymar acenou para as câmeras antes de deixar a Granja Comary de helicóptero

 

Copa 2014