1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail
Copa 2014

Niko Kovac admite ter sido surpreendido pela seleção mexicana

Daniel Batista - Enviado especial ao Recife - O Estado de S. Paulo

23 Junho 2014 | 21h 07

Croácia foi derrotada por 3 a 1 e deu adeus à Copa do Mundo

O técnico Niko Kovac, que antes do jogo ficou, ao lado do meia Modric, provocando a equipe do México, adotou um discurso bem diferente após a derrota por 3 a 1 nesta segunda-feira, na Arena Pernambuco. Para o comandante da seleção croata, que antes do jogo disse que tinha a receita para derrotar o México, a grande diferença do jogo foi a mudança de postura do adversário.

"Os mexicanos mudaram o jogo deles ao nosso jogo. Eles eram mais agressivos, especialmente quando perdiam a bola, em comparação aos jogos anteriores. Eles respeitaram bastante a gente. Antes era um time mais agressivo e eles começaram mais recuados, tanto que começamos melhor, no ataque", explicou o treinador.

Kovac acredita que o gol de abertura do placar mexeu com o time croata. "O primeiro gol decidiu o jogo. Tentamos inverter a situação e correr atrás do resultado. Quando levamos o primeiro gol, ficamos mais abertos e eles conseguiram acabar com o jogo", resumiu o croata. Com a derrota, a Croácia volta para casa e, apesar da eliminação precoce, Kovac deve ser mantido no cargo.

Apesar da eliminação precoce, Kovac deve ser mantido no cargo
Apesar da eliminação precoce, Kovac deve ser mantido no cargo

Copa 2014