1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Niko Kovac admite ter sido surpreendido pela seleção mexicana

Daniel Batista - Enviado especial ao Recife - O Estado de S. Paulo

23 Junho 2014 | 21h 07

Croácia foi derrotada por 3 a 1 e deu adeus à Copa do Mundo

O técnico Niko Kovac, que antes do jogo ficou, ao lado do meia Modric, provocando a equipe do México, adotou um discurso bem diferente após a derrota por 3 a 1 nesta segunda-feira, na Arena Pernambuco. Para o comandante da seleção croata, que antes do jogo disse que tinha a receita para derrotar o México, a grande diferença do jogo foi a mudança de postura do adversário.

"Os mexicanos mudaram o jogo deles ao nosso jogo. Eles eram mais agressivos, especialmente quando perdiam a bola, em comparação aos jogos anteriores. Eles respeitaram bastante a gente. Antes era um time mais agressivo e eles começaram mais recuados, tanto que começamos melhor, no ataque", explicou o treinador.

Kovac acredita que o gol de abertura do placar mexeu com o time croata. "O primeiro gol decidiu o jogo. Tentamos inverter a situação e correr atrás do resultado. Quando levamos o primeiro gol, ficamos mais abertos e eles conseguiram acabar com o jogo", resumiu o croata. Com a derrota, a Croácia volta para casa e, apesar da eliminação precoce, Kovac deve ser mantido no cargo.

Eddie Keogh/Reuters
Apesar da eliminação precoce, Kovac deve ser mantido no cargo

Copa 2014