1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Copa do Mundo

Paulinho manda presentes para crianças

Volante faz questão de alegrar crianças do bairro onde nasceu e cresceu

MARINA AZAREDO E EDISON VEIGA

15 Junho 2014 | 05h 00

As crianças do Parque Novo Mundo, comunidade na zona norte de São Paulo dominada pelo tráfico, esperam o ano inteiro pelo dia da distribuição de "presentes do Paulinho". Titular da seleção, Paulinho – ou Gordão, como é conhecido por lá – faz questão de alegrar as crianças do bairro onde nasceu e cresceu.

"Ele manda o dinheiro, eu compro e depois organizo a distribuição", conta o personal trainer Jonas Alves Mendes, de 29 anos, amigo do jogador. "Todo ano ele manda brinquedos bons para as crianças. Não é qualquer coisa", diz a dona de casa Edjaine Alves, de 27 anos.

Edjaine é mãe de Juan Pablo, de 7 anos, que frequenta o Campo do Roncador, onde Paulinho jogava. Juan conta que quer ser jogador, mas confessa: "Gosto mesmo é do Neymar".

Márcio Fernandes/Estadão

Jogador do Tottenham, da Inglaterra, Paulinho já não frequenta muito o bairro – os familiares saíram de lá. "Tem gente que fica pedindo dinheiro. O que esperavam, que ele fosse sair distribuindo?", questiona Baiano, morador há 30 anos.

Para a Copa, a comunidade fez um rateio para comprar fitas e tintas. "Esta Copa vai ser muito mais emocionante", espera o aposentado Ceará, antigo vizinho de Paulinho.