1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail
Copa 2014

Resumo esportivo: Argentina vai à final após 24 anos de espera

O Estado de S. Paulo

09 Julho 2014 | 23h 57

E mais: Neymar decide voltar à concentração na Granja Comary e delegação da Alemanha manda mensagens de apoio aos brasileiros

Depois do fracasso histórico do Brasil, que foi goleado pela Alemanha por 7 a 1 na última terça-feira, a Argentina, maior rival da seleção anfitriã da Copa do Mundo, se classificou para a final, ao bater a Holanda nos pênaltis. Assim, alemães e argentinos reeditarão as finais de 1986 e 1990, neste domingo, no Maracanã.

Confira tudo que aconteceu em mais um dia de Mundial:

HOLANDA X ARGENTINA

Diante de uma Holanda esgotada fisicamente, com Robben e Van Persie exaustos após a dura temporada europeia e Sneijder em má fase, a Argentina conquistou a vaga na final, aguardada por 24 anos.

Argentina bate Holanda nos pênaltis e está na final
Frank Augstein/AP

Nos pênaltis, a Argentina derrotou a Holanda e conseguiu a tão sonhada vaga para a final da Copa do Mundo.

Nos 120 minutos, as duas seleções tiveram poucas chances de gol. Sabella conseguiu arrumar o meio de campo argentino, ao colocar três volantes - Mascherano, Biglia e Enzo Pérez - por conta da lesão de Di María, que não pôde jogar a semifinal. Assim, os holandeses encontraram dificuldades para atacar e a partida foi para os pênaltis.

Sem o goleiro reserva Krul, herói da classificação diante da Costa Rica, foi a vez da estrela de Sergio Romero - eleito melhor no jogo - brilhar mais, ao pegar logo a primeira cobrança holandesa, de Vlaar, e a de Sneijder. Inexperiente, Cillessen não conseguiu defender nenhuma e, no chute final dos sul-americanos, ensaiou uma grande defesa, que foi rapidamente transformada em frango, quando a bola espalmada entrou raspando no travessão.

Torcedores argentinos lotaram a praça principal de Buenos Aires para assistir o jogo de classificação. No país, o dia 9 de julho é feriado da independência.

Torcedores comemoram em Buenos Aires
Daniel Garcia/AFP

Argentine fans celebrate in Buenos Aires on July 9, 2014, after beating the Netherlands in their FIFA World Cup semi-final football match. Argentina beat the Netherlands 4-2 in penalty kicks and will now face Germany in the World Cup final. The banner portrays Pope Francis and reads, "We come from the end of the world... And we're going to the world cup finals

Argentina e Alemanha se enfrentam pela terceira vez uma final, a disputa de taça mais repetida da história das Copas, no Maracanã, às 16 horas de domingo.

SELEÇÃO BRASILEIRA

Ainda no clima de funeral, após o vexame no Mineirão, a seleção brasileira encontrou poucos torcedores na Granja Comary, que protestavam, ao contrário da festa dos outros dias. Abalados com a derrota esmagadora para a Alemanha, os jogadores fizeram apenas um treino regenerativo na piscina e voltam aos trabalhos com bola nesta quinta-feira.

Na sexta, a delegação viaja para Brasília, onde enfrentará a Holanda, no dia seguinte, pela decisão de terceiro e quarto lugar. Mesmo lesionado, Neymar decidiu que voltará para a concentração em Teresópolis para acompanhar o grupo brasileiro até o fim de sua participação no Mundial.

Veja a trajetória do Brasil na Copa
Damir Sagolj/Reuters

O Brasil encerra a busca pelo hexa da Copa do Mundo de forma vergonhosa. Na semifinal, a equipe foi goleada por 7 a 1 pela Alemanha.

SELEÇÃO ALEMÃ

Impressionados com a facilidade em vencer a semifinal, alguns jogadores, como Lukas Podolski, e também a Federação Alemã de Futebol (DFB) mandaram mensagens de apoio para o Brasil, em português, lembrando de seu próprio fracasso, em 2006, quando foi anfitriã da Copa do Mundo, mas acabou derrotada pela Itália, que seria campeã, na semifinal, por 2 a 0. A Alemanha recebeu folga nesta quarta.

Copa 2014