1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Seleção inglesa sofre com altas temperaturas na cidade de Manaus

Luís Augusto Mônaco - Enviado especial a Manaus - O Estado de S. Paulo

13 Junho 2014 | 13h 07

Não está sendo fácil a vida da seleção inglesa em Manaus, cidade que será palco de seu jogo de estreia na Copa do Mundo, neste sábado, contra a Itália. Por volta de 9h30 (horário local, uma hora a menos em relação a Brasília) desta sexta, o meia Lampard e o goleiro Joe Hart pegaram o elevador para voltar ao quarto depois do café da manhã, e cada um levava quatro garrafinhas de água gelada.

A cena se repetia com outros membros da delegação que deixavam o restaurante exclusivo, localizado no mezanino (o dos outros hóspedes fica no térreo). Às 10h o termômetro já marcava 29 graus, e a previsão é de que a máxima nesta sexta-feira chegue aos 33. A umidade relativa do ar está em 75%.

Andres Stapff/Reuters
Seleção inglesa chegou em Manaus nesta segunda-feira

Um dos médicos da seleção inglesa é um italiano, Carlo Sertori. E ele contou que mesmo dentro dos quartos é difícil se livrar do calor. "O ar condicionado não funciona muito bem e faz muito barulho. Se abrimos a janela é pior, porque não tem vento e um bafo quente invade o quarto rapidamente."

O lateral-direito Glen Johnson postou no Instagram uma foto que mostra a vista de seu quarto. E escreveu: "Muito calor. Esperamos que às 18h (horário do jogo contra a Itália) não seja tão quente assim."

A vida para os ingleses também não promete ser tranquila quando entrarem em campo, porque a torcida deve ser amplamente favorável aos italianos. Por dois motivos: em dezembro, logo depois do sorteio dos grupos, o técnico Roy Hodgson criticou duramente a Fifa por marcar jogos para Manaus e alguns tabloides ingleses se esmeraram em publicar bobagens do tipo "em Manaus há serpentes nas ruas". A outra razão é que, desde que chegaram, na quinta-feira, os jogadores não deram nenhuma colher de chá para os torcedores que foram tentar vê-los no aeroporto e na porta do hotel.

Copa 2014

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo