1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Sofrimento de 2010 serve de alerta para a Alemanha na Copa

Mateus Silva Alves - Enviado especial a Santa Cruz Cabrália - O Estado de S. Paulo

20 Junho 2014 | 05h 00

No último Mundial, time também goleou na primeira partida, mas acabou perdendo o segundo jogo e sofreu para ir às oitavas de final

A Alemanha estreou na Copa de 2010 com uma goleada por 4 a 0 sobre a Austrália e isso fez sua torcida acreditar que a classificação para a segunda fase seria tranquila. No entanto, a derrota para a Sérvia por 1 a 0 no segundo jogo deixou o time em situação complicada e foi preciso muito esforço para derrotar Gana por 1 a 0 na rodada final e, assim, garantir a classificação. Tudo o que os alemães não querem agora é que aquela situação se repita.

Não por acaso, o time alemão tem dito que será fundamental manter a concentração na partida deste sábado contra Gana, em Fortaleza, a segunda da Alemanha no Mundial. A ordem é não se empolgar muito com a vitória por 4 a 0 sobre Portugal na estreia.

"Eu me lembro que em 2010 perdemos o segundo jogo e ficamos em uma situação ruim. Isso serve de alerta para nós", disse o zagueiro Per Mertesacker, que é titular da Alemanha pelo terceiro Mundial seguido. "Além disso, o jogo será uma decisão para Gana, que perdeu o primeiro jogo. Eles vão correr muito durante os 90 minutos."

Patrik Stollarz/AFP
Mertesacker será titular na partida contra Gana. Vitória deixa Alemanha próxima da segunda fase do Mundial

A eliminação precoce da Espanha da Copa também serviu para deixar os alemães mais concentrados, embora eles não tenham ficado muito surpresos com a derrota dos campeões do mundo para o Chile.

"Quando enfrentamos o Chile, eles nos dominaram por 90 minutos", lembrou Mertesacker, referindo-se ao amistoso disputado em março e que, apesar do ótimo desempenho chileno, terminou 1 a 0 para a Alemanha. "Nós vimos o quanto o Chile é forte. O nível técnico da Copa é muito alto e nós não podemos dar nada como ganho antes da hora", comentou o goleiro reserva Weidenfeller.

Copa 2014