1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Van Gaal lamenta ter feito trocas na equipe antes de colocar Krul

FELIPE ROSA MENDES - Agência Estado

09 Julho 2014 | 21h 45

Técnico revelou que pretendia, novamente, fazer a troca entre os goleiros, ação que surpreendeu a todos no jogo contra a Costa Rica

Louis Van Gaal admitiu nesta quarta-feira, após a derrota para a Argentina nos pênaltis na segunda semifinal da Copa do Mundo, que pretendia colocar em campo novamente o goleiro Krul, herói da Holanda na vitória sobre a Costa Rica nas quartas de final. O terceiro goleiro da seleção europeia havia defendido duas penalidades, depois do empate sem gols no tempo normal e na prorrogação, e classificara o time às semifinais.

Nesta quarta, porém, o treinador holandês não pôde repetir a estratégia. Krul não saiu do banco de reservas porque Van Gaal precisou fazer as três substituições da equipe antes do fim da prorrogação contra a Argentina, no estádio Itaquerão, em São Paulo.

Argentina bate Holanda nos pênaltis e está na final
Frank Augstein/AP

Nos pênaltis, a Argentina derrotou a Holanda e conseguiu a tão sonhada vaga para a final da Copa do Mundo.

"Se eu tivesse tido a oportunidade, sim, eu teria feito a substituição. Mas eu já tinha feito as três trocas", lamentou Van Gaal, que surpreendeu ao fazer a ousada troca de goleiros na semana passada.

O titular Cillessen, que ficara irritado com a substituição inesperada contra a Costa Rica, não teve o mesmo desempenho do companheiro nesta quarta. Não pegou nenhuma das cobranças do time argentino, garantido na final da Copa do Mundo.

Van Gaal teve que se contentar com o seu goleiro titular, cinco centímetros mais baixo e com menor alcance que Krul, porque trocara mais cedo o zagueiro Martins Indi por precaução. "Ele tinha levado o cartão amarelo e também tinha que marcar o Perez e estava chegando atrasado nas jogadas. E eu não queria arriscar".

Na sequência, evitou correr novo risco com o volante Nigel De Jong, que havia sido cortado da Copa pela comissão técnica por lesão mas que teve recuperação rápida. Acabou sacando o jogador por medo um problema físico mais grave. Depois trocou o capitão Robin Van Persie por Klaas-Jan Huntelaar. "Van Persie estava exausto, por isso coloquei Huntelaar", justificou o treinador.

Copa 2014

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo