1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Copa 2014

'Vitória dá confiança à seleção italiana', avalia volante Thiago Motta

AE - Agência Estado

14 Junho 2014 | 21h 19

Jogador, que entrou na 2ª etapa, acredita que o 2 a 1 contra a Inglaterra foi apenas um passo para chegar à segunda fase

Quando ninguém contava que a Costa Rica pudesse vencer o Uruguai, o jogo entre Itália e Inglaterra era considerado como a "partida da morte" do Grupo D da Copa, que reúne três campeões mundiais. Neste sábado, em Manaus, os italianos fizeram por merecer e venceram por 2 a 1. Para Thiago Motta, o resultado permite à equipe ganhar moral e começar bem o Mundial.

"Time começa com uma vitória que dá confiança. Teremos um jogo difícil também contra a Costa Rica, que está habituada a jogar nesse calor. Temos que tentar ter posse de bola, atacar com profundidade. Tentar conquistar outra vitória para ter uma tranquilidade", comentou o volante, nascido no Brasil, em entrevista ao SporTV.

O jogador admitiu a dificuldade de jogar em Manaus, onde a temperatura média durante a partida foi de 30ºC. "É muito quente, muito quente para jogar. Fica difícil respirar. Sabíamos que seria assim. Importante é acostumar e tentar fazer nosso melhor futebol mesmo num clima que não é favorável para jogar", comentou.

Thiago Motta comemorou vitória da Inglaterra com companheiros

Para ele, a Itália acabou beneficiada por ter jogado a Copa das Confederações e, assim, ter se acostumado ao calor brasileiro. "Eu sou nascido em São Paulo, e esse calor é difícil de se fazer lá. Todo mundo já sabia do calor, muitos vieram para a Copa das Confederações e isso foi bom. O que a gente tem que saber fazer é controlar a posse da bola, fazer o adversário correr para não ter tanto desgaste dentro da partida."

Os italianos deverão continuar a sofrer com o calor, porque a próxima partida da equipe é às 13 horas da sexta, contra a Costa Rica, na Arena Pernambuco, no Recife. O elenco faz sua preparação em Mangaratiba, no sul fluminense.

Copa 2014