1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Copa 2014

Zagueiro coloca Costa Rica no mesmo nível da seleção da Holanda

Agência Estado

01 Julho 2014 | 21h 09

A Costa Rica bateu o Uruguai com facilidade, por 2 a 0, e enfrentará a seleção da Holanda, neste sábado, pelas quartas de final da Copa

Grande zebra entre as seleções que estão nas quartas de final da Copa do Mundo, a Costa Rica tem na autoconfiança uma de suas maiores armas para continuar avançado na competição. Pelo menos é o que demonstra o zagueiro Giancarlo González, que assegurou que a sua equipe não teme nenhum rival, nem mesmo um que conte com Arjen Robben, um dos destaques do Mundial pela Holanda, próxima adversária em partida que será realizada neste sábado, em Salvador.

Depois de eliminar os gigantes Itália e Inglaterra na fase de grupos e passar da Grécia nas oitavas de final após disputa de pênaltis, González afirmou que o elenco de Costa Rica já não se sente menor do que nenhuma das outras equipes da Copa. "Pessoalmente me sinto no mesmo nível dos holandeses. Já mostramos o que nosso time pode fazer contra este tipo de adversário", afirmou em entrevista em Santos, base da equipe desde o início do Mundial e local de preparação para o duelo contra a Holanda.

Ronaldo Schemidt/AFP
Holanda e Costa Rica se enfrentarão neste sábado, pelas quartas de final

O atleta de 26 anos, que joga no Columbus Crew, equipe dos Estados Unidos, recordou que no início do torneio "ninguém dava nada" pela Costa Rica, já que a equipe fazia parte do chamado "grupo da morte". González fez questão de destacar o trabalho do goleiro Keylor Navas, herói da disputa de pênaltis contra a Grécia. "Contar com um atleta dessa qualidade é um orgulho. Ele tem nível para atuar em qualquer clube do mundo" avaliou.

O zagueiro rechaçou a possibilidade de sua equipe se intimidar contra a Holanda, que, apesar de não ter nenhuma conquista de Copa do Mundo em sua história, já participou de três finais do torneio. "O importante é que podemos fazer muito como um time. Contamos com Campbell, com Bryan Ruiz. Temos como atacá-los" disse.

Copa 2014