Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » Copa do Mundo na Rússia não está em discussão, diz Blatter

Futebol

Esportes

Futinter

Copa do Mundo na Rússia não está em discussão, diz Blatter

Existe apelos de políticos para que o torneio seja levado para outro lugar por causa do papel do país na crise da Ucrânia

0

Brian Homewood,
REUTERS

02 Setembro 2014 | 18h05

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, reiterou que a sede da Rússia para a Copa do Mundo de 2018 não está em discussão. "Nós não estamos colocando dúvidas sobre a Copa do Mundo na Rússia", disse ele num evento perto de Kitzbuehel, na Áustria, de acordo com a agência de notícias DPA.

"Estamos em uma situação em que temos manifestado a nossa confiança para os organizadores das Copas do Mundo de 2018 e 2022", acrescentou. "(Um boicote) nunca alcançou nada." Houve apelos de políticos para que o torneio fosse levado para outro lugar por causa do papel da Rússia na crise da Ucrânia e da ocupação da Crimeia.

Questionado na semana passada se havia algum risco de que a Rússia poderia perder o direito de realizar o torneio devido à complicada situação política, o presidente Vladimir Putin disse: "Eu espero que não. A Fifa já disse que futebol e esporte não têm ligação com política e acho que essa é a abordagem correta."

A Rússia vai sediar a Copa do Mundo de 2018 em 12 estádios em 11 cidades, incluindo dois em Moscou. A Copa do Mundo de 2022 será disputada no Catar, que também tem sido criticado por causa dos supostos maus-tratos a trabalhadores migrantes na indústria da construção.

O comitê de ética da Fifa está investigando o processo de votação que levou à concessão dos torneios aos dois países, em dezembro de 2010.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.