1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Corinthians busca reforços para minimizar desmanche

- Atualizado: 07 Janeiro 2016 | 19h 15

Diretoria tenta manter time competitivo

Diante da nova realidade e com o time desmantelado, a diretoria do Corinthians tem intensificado a busca por reforços. Para tentar manter o time competitivo, o presidente Roberto de Andrade diz estar monitorando a situação de 60 jogadores no mercado. A contratação do zagueiro Vilson, ex-Palmeiras e que disputou o último Campeonato Brasileiro pela Chapecoense, deve ser anunciada oficialmente nos próximos dias.

Com as últimas vendas, deverão entrar mais de R$ 30 milhões nos cofres do clube, que deverão ser investidos em novos jogadores. “Quando saíram vários jogadores no ano passado muita gente disse que o Corinthians iria cair, mas fomos campeões. Vamos repor as peças e montar um time forte”, prometeu o presidente Roberto de Andrade.

Vilson teve destaque no título da Série B do Palmeiras, em 2013

Vilson teve destaque no título da Série B do Palmeiras, em 2013

No atual ritmo, o Corinthians corre o risco de chegar ao final da janela de transferência para o país asiático, no fim de fevereiro, totalmente desmantelado. Por enquanto, o único que recusou uma oferta da China foi Pato. O atacante foi procurado pelo Tianjin Quanjian, treinado por Vanderlei Luxemburgo e que já levou Jadson.

Três jogadores já foram contratados por clubes da China: o volante Ralf e os meias Renato Augusto e Jadson. Outros dois têm propostas do país: o zagueiro Gil e o volante Elias.

Mas a ameaça ao Corinthians não vem só da China, e jogadores importantes têm sido assediados por clubes da Europa também. O atacante Vagner Love já se acertou com o Monaco, e o goleiro Cássio está de saída para o Besiktas, da Turquia.

A debandada pode levar alguns atletas que pretendiam ficar no Parque São Jorge a procurar outros clubes diante do enfraquecimento da equipe. São os casos do zagueiro Felipe e do lateral-direito Fagner.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX