Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » Corinthians cede concessão do Itaquerão para investidor

Futebol

Divulgação

Corinthians cede concessão do Itaquerão para investidor

Transferência de terreno na zona leste concedido pela Prefeitura de São Paulo ao clube na década de 1980 é autorizada por Haddad

0

Fabio Leite,
O Estado de S. Paulo

04 Fevereiro 2014 | 08h57

SÃO PAULO - O prefeito Fernando Haddad (PT) autorizou nesta terça-feira, 4, a transferência da concessão de direito de uso real do terreno do Itaquerão dada ao Corinthians na década de 1980 para a empresa que administra o fundo de investimentos responsável financeiramente pela construção do estádio que receberá o jogo de abertura da Copa do Mundo no dia 12 de junho.

A partir de agora, a concessão outorgada ao clube paulista pelo ex-prefeito Jânio Quadros pelo prazo de 90 anos será cedida à BRL Trust Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A., administrador e proprietário fiduciário dos ativos que compõem o patrimônio do Arena Fundo de Investimento Imobiliário (Arena FII).

Criado em agosto de 2011, o fundo imobiliário tem como cotistas o Corinthians, a Odebrecht, empreiteira responsável pela construção do estádio, e a Arena Itaquera S/A, empresa comandada por Maurício da Costa Ribeiro e Rodrigo Boccanera Gomes, que são os diretores da BRL Trust. A previsão é de que o Itaquerão seja concluído em abril.

A transferência da concessão, que está registrada no 9º Cartório Oficial de Registro de Imóveis de São Paulo, na região do Tatuapé e Itaquera, zona leste da capital, recebeu manifestações favoráveis da Procuradoria Geral do Município e da Secretaria dos Negócios Jurídicos e foi autorizada por Haddad em despacho publicado no Diário Oficial da Cidade desta terça-feira.

Em maio de 2011, o Corinthians assinou acordo judicial com o Ministério Público Estadual (MPE) e com a prefeitura na qual se comprometeu a pagar a contrapartida de R$ 12 milhões em obras sociais na região de Itaquera exigida pela concessão do terreno, dos quais R$ 4 milhões até o fim deste ano. Em janeiro de 2013, o secretário municipal de Esportes, Celso Jatene, disse que o clube já havia pago cerca de R$ 1,5 milhão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.