Luis Moura/Estadão
Luis Moura/Estadão

Corinthians enfrenta Vitória com bom retrospecto como visitante como trunfo

Time de Fábio Carille vai a Salvador atrás da primeira vitória no Brasileirão

Nathalia Garcia, O Estado de S. Paulo

21 Maio 2017 | 07h00

Em busca dos três pontos no Campeonato Brasileiro depois de um empate com a Chapecoense na estreia, o Corinthians encara o Vitória, neste domingo, em Salvador, com um trunfo: em 2017, apresentou melhor desempenho fora de casa do que em seu estádio. 

Como visitante, o Corinthians possui 69% de aproveitamento no ano – em 14 jogos, foram oito vitórias, cinco empates e uma derrota (diante da Ferroviária no Campeonato Paulista). Números que podem deixar o torcedor otimista.

O desempenho como mandante é inferior (62%). Em 13 partidas disputadas em Itaquera, o time somou seis vitórias, seis empates e um revés. Além disso, já são quatro empates consecutivos por 1 a 1 na Arena Corinthians. Resultados que se justificam considerando que a equipe levou para casa boa vantagem na fase mata-mata do Paulistão e só precisou administrar os resultados.

Para o meia Rodriguinho, o desempenho tem uma explicação tática. “Nossa equipe consegue ter uma organização muito boa quando tem a bola. Com espaço, a gente consegue evoluir melhor e criar mais oportunidades. Quando a gente tem de propor o jogo, a dificuldade é um pouco maior”, analisa.

Visitante “indigesto”, o Corinthians ainda terá a vantagem de atuar em um campo mais neutro em Salvador. Com o Barradão em obras, a partida contra o rival rubro-negro será disputada na Arena Fonte Nova.

EM CAMPO

O Alvinegro terá de enfrentar o desafio sem um de seus pilares do sistema defensivo. Em recuperação de uma fibrose na coxa direita, Pablo será baixa na partida deste domingo. O zagueiro tem trabalhado em dois períodos (academia e fisioterapia) e deve estar recuperado para a sequência do Campeonato Brasileiro.

Ao longo da semana, o técnico Fábio Carille esboçou o jovem Pedro Henrique como titular. Formado nas categorias de base, o atleta de 21 anos disputou oito partidas nesta temporada – em todas o Corinthians levou gols. Em março, emplacou uma sequência de jogos devido ao afastamento de Balbuena por lesão. Agora, ganha oportunidade ao lado do paraguaio.

O confronto servirá para o treinador testar o time sem a presença de Pablo. Emprestado até dezembro pelo Bordeaux, da França, o zagueiro ainda negocia a sua permanência no Corinthians, que terá de desembolsar cerca de R$ 10 milhões para a compra de seus direitos econômicos. O negócio é tratado como prioridade pela diretoria.

Contratado por quatro anos, o atacante Clayson ainda não teve o seu nome regularizado no BID e terá de aguardar para fazer sua estreia no Corinthians. 

FICHA TÉCNICA

VITÓRIA x CORINTHIANS

VITÓRIA: Fernando Miguel; Salino, Alan Costa, Fred e Geferson; Renê, Uillian Correia e Cleiton Xavier; Paulinho, David e Rafaelson. Técnico: Petkovic.

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Balbuena e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô. Técnico: Fábio Carille.

Juiz: Péricles Bassols P. Cortez (PE). 

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador. 

Horário: 16h. 

Na TV: Globo. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.