Robson Fernandjes/Estadão
Robson Fernandjes/Estadão

Corinthians tem tradição em montar times com trios eficientes

Dentinho, Jorge Henrique e Ronaldo lideraram volta por cima do time em 2009

O Estado de S. Paulo

12 Maio 2017 | 07h00

Assim como Jadson, Rodriguinho e Jô são referência no time de Fábio Carille, outros trios de ataque fizeram sucesso e levaram o Corinthians ao topo no passado. Depois de um ano de 2008 difícil, com a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro, Dentinho, Jorge Henrique e Ronaldo lideraram a volta por cima do time alvinegro no ano seguinte.

A estreia do Fenômeno, em março, foi o pontapé para recuperar o prestígio do Corinthians com os torcedores. Em 2009, o conjunto levou a equipe comandada por Mano Menezes à consagração com a conquista do Paulistão e da Copa do Brasil.

Dez anos antes, o Corinthians entrava para a história com o trio formado pelos meias Ricardinho e Marcelinho Carioca, com seu passe preciso, e pelo atacante rápido e habilidoso Edílson. Juntos, garantiram o título do Campeonato Brasileiro em 1998, sob o comando de Vanderlei Luxemburgo, e repetiram a dose no ano seguinte, dessa vez com Oswaldo de Oliveira. Além de faturarem o título paulista de 1999.

 

Mais conteúdo sobre:
Futebol Corinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.