Criciúma demite o técnico Deivid e contrata Luís Carlos Winck

Equipe perdeu os três jogos até aqui na Série B

Estadão Conteúdo

30 Maio 2017 | 20h50

A passagem de Deivid pelo Criciúma durou apenas seis meses. No início da noite desta terça-feira, a diretoria tricolor anunciou através de uma nota em seu site oficial a saída do treinador e toda sua comissão técnica, além do executivo de futebol Gabriel Skinner.  Luís Carlos Winck foi anunciado pouco tempo depois.

Contratado em dezembro do ano passado e tendo como principal objetivo conquistar o acesso à elite do Campeonato Brasileiro, Deivid sempre foi bastante criticado por não conseguir fazer o time emplacar uma sequência de bons jogos. Ao todo, foram 28 partidas, com dez vitórias, seis empates e 12 derrotas.

A estreia de  Luís Carlos Winck será contra o Luverdense, sábado, às 16h30, fora de casa, pela quarta rodada. Único time que ainda não pontuou na Série B, o Criciúma é o lanterna do campeonato.

Mais conteúdo sobre:
futebol Criciúma Deivid

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.