Sergio Perez / Reuters
Sergio Perez / Reuters

Cristiano Ronaldo e Sergio Ramos são poupados e ficam fora de treino do Real

Na próxima partida, time joga contra o Fuenlabrada pela Copa do Rei

Estadão Conteúdo

25 Outubro 2017 | 10h58

Cristiano Ronaldo e Sergio Ramos foram poupados do treino que o Real Madrid realizou nesta quarta-feira visando o duelo que fará contra o Fuenlabrada, da terceira divisão espanhola, nesta quinta, às 17h30 (de Brasília), fora de casa, pela estreia na Copa do Rei. O atacante e o zagueiro ganharam descanso do técnico Zinedine Zidane, que deverá dar chances a vários jogadores considerados reservas da equipe atual merengue no confronto diante do modesto adversário.

+ Maradona: 'Doeu na alma entregar o prêmio a Ronaldo e não a Messi'

+ Dani Alves votou em Neymar como melhor do mundo; Tite preferiu CR7

Eleito pela Fifa o melhor jogador do mundo pela quinta vez, feito confirmado em premiação promovida pela entidade na última segunda-feira, em Londres, Cristiano Ronaldo deverá ser preservado visando a partida que o Real fará no próximo domingo, contra o Girona, também como visitante, pela décima rodada do Campeonato Espanhol. O mesmo deverá ocorrer com Sergio Ramos, também premiado na cerimônia de gala da Fifa como integrante da seleção ideal eleita pela entidade.

O astro português e o defensor espanhol não participaram de nenhum treino nesta semana, por sinal, mas ficarão à disposição de Zidane para o confronto do final de semana, quando o Real, atual terceiro colocado do Campeonato Espanhol, lutará para dar novo passo em sua perseguição ao líder Barcelona, que tem quatro pontos de vantagem sobre o arquirrival.

Mas, apesar de não tratar a Copa do Rei como a sua principal prioridade no momento, o comandante francês exaltou nesta quarta-feira a importância de o Real brigar pelo título do torneio. "Não o considero um troféu menor, para mim é um dos troféus que podemos ganhar e essa é a nossa intenção. Nossa ambição é ganhá-lo porque podemos conquistá-lo. Queremos dar o máximo e fazer um bom jogo amanhã. Nada mais do que isso. Quando você coloca a camisa deste clube é para ganhar todos os jogos, sejam eles oficiais ou amistosos", ressaltou Zidane, em entrevista coletiva.

Premiado como melhor técnico do mundo pela Fifa na última segunda, Zidane também falou nesta quarta sobre a situação dos jogadores do Real que se recuperam de lesão, entre eles Gareth Bale, que está mais próximo de voltar a atuar após ficar um mês afastado por causa de uma nova lesão na panturrilha esquerda. O treinador, porém, evitou dar um prazo para a volta do astro galês. "Bale já está trabalhando no campo, quase a ponto de treinar com o time, mas não posso dar uma data de retorno", avisou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.