Cruzeiro defende invencibilidade

Depois do polêmico empate por 2 a 2 com o Corinthians, no meio da semana, pela Copa do Brasil, o Cruzeiro concentra suas atenções no confronto com o Criciúma, domingo à tarde, no Mineirão, pela Copa Sul-Minas. A equipe comandada pelo técnico Marco Aurélio coloca em jogo sua invencibilidade e tenta, com uma vitória, manter-se na primeira colocação. O time soma 23 pontos. O treinador não terá o atacante Edílson e o zagueiro Cris, suspensos. Entram Joãozinho e Marcelo Batatais, respectivamente. Como o Cruzeiro jogará em casa, Marco Aurélio abandona o esquema com três volantes. A direção do Cruzeiro confirmou sexta-feira, ter recebido nova proposta da Lazio, para compra do passe do lateral argentino Sorín. Inicialmente, o clube italiano ofereceu US$ 7 milhões para ficar com o jogador após a Copa. Em troca, cederia o lateral César. Os mineiros anunciaram que não aceitam menos de US$ 10 milhões. O Paraná tenta se recuperar na competição jogando contra o Malutrom, às 16 horas, no Estádio Pinheirão, em Curitiba. A equipe vem de derrota para o Pelotas e precisa vencer para não ver as chances de classificação diminuírem. O time está com 16 pontos, na 7.ª colocação. Demais partidas: Joinville x Internacional, Tubarão x Coritiba e Mamoré x Juventude.

Agencia Estado,

16 Março 2002 | 16h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.