Cruzeiro defende liderança no Sul

Depois da classificação para as oitavas-de-final da Copa do Brasil, obtida na vitória por 2 a 0 sobre o Londrina, no meio da semana, o Cruzeiro tenta assegurar a liderança isolada da Copa Sul-Minas neste domingo à tarde, contra o Figueirense, em Santa Catarina. Os mineiros também se prepocupam em manter a invencibilidade na competição e em fazer da partida com os catarinenses uma espécie de treino de luxo para o difícil confronto com o Corinthians, pela Copa do Brasil, na quarta-feira, em São Paulo. O técnico Marco Aurélio não terá o meia Ricardinho e o lateral argentino Sorín, contundidos. Na intermediária, Augusto Recife será um dos volantes, ao lado de Fernando Miguel, e na ala direita Jorginho Paulista deve ser aproveitado. O apoiador Vander tambem continua afastado, em razão de uma entorse no tornozelo, e deve dar lugar a Jorge Wagner. As boas notícias são as presenças do zagueiro Cris e do atacante Edílson, que estavam com a seleção brasileira em Cuiabá no amistoso com a Islândia, e não participaram da vitória sobre o Londrina. Com a volta de Cris, Luisão deve ir para o banco, já que o zagueiro Marcelo Batatais, reserva imediato da posição, parece ter conquistado a preferência do treinador com boas atuações.

Agencia Estado,

09 Março 2002 | 15h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.