1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Cruzeiro derrota Santa Rita e avança na Copa do Brasil

Estadão Conteúdo

03 Setembro 2014 | 21h 29

Com reservas em campo, equipe mineira conquista nova vitória, avança às quarta de final e irá encarar o ABC na próxima fase

O Cruzeiro pôde dar chance a reservas e mesmo assim venceu o Santa Rita, de Alagoas, por 2 a 1, na noite desta quarta-feira, no início da rodada da Copa do Brasil. Com o resultado, somado aos 5 a 0 da partida de ida das oitavas de final, em Belo Horizonte, no meio de semana passado, o time mineiro se garantiu nas quartas de final, quando vai pegar o ABC, do Rio Grande do Norte.

Por conta da goleada na ida e apoiado na falta de expressão do Santa Rita, o técnico Marcelo Oliveira poupou alguns titulares, mandando a campo apenas Fábio, Léo e Willian. Samudio e Marcelo Moreno entraram no segundo tempo. O treinador, porém, só deu chance a um garoto: o volante Eurico, que também foi a campo na etapa final.

O Santa Rita até abriu o placar, com Cristiano, no finalzinho do primeiro tempo, segurando a vantagem até os 20 minutos finais. O empate veio com Julio Baptista, de pênalti, após a bola bater no braço de um jogador do time alagoano. Dois minutos depois, aos 27, Marlone invadiu a área pela direita e cruzou para Marcelo Moreno escorar.

Thiago Parmalat/Textual
Com reservas, equipe mineira avança para quartas

AMÉRICA-RN CLASSIFICADO

Nesta quarta, o Atlético-PR fez o primeiro jogo na reformada Arena da Baixada com a presença de público - o clube cumpria punição pela barbárie na última rodada do Brasileirão do ano passado. Em casa, com o apoio do seu torcedor, até venceu por América-RN por 2 a 0, mas o resultado foi insuficiente para garantir a classificação.

Isso porque o América-RN, que eliminou o Fluminense em pleno Maracanã na fase anterior, venceu os paranaenses por 3 a 0 na partida de ida das oitavas, na semana passada. Agora, espera a definição do adversário, que vem do confronto entre Coritiba e Flamengo.

A partida na Arena da Baixada foi assistida por poucos profissionais de imprensa. Na véspera do jogo, a diretoria rubro-negra anunciou a proibição da presença de jornalistas de mídia escrita e online. O clube já veta entrevistas coletivas e participação de repórteres em treinos.