Cruzeiro permanece no Rio e treina para enfrentar Chapecoense

Após empate por 1 a 1 pela final da Copa do Brasil, mineiros devem usar time misto no Sul

Estadão Conteúdo

08 Setembro 2017 | 18h46

A delegação do Cruzeiro permaneceu no Rio de Janeiro após o empate por 1 a 1 com o Flamengo, no estádio do Maracanã, no jogo de ida da decisão da Copa do Brasil. O time celeste treinou nesta sexta-feira nas Laranjeiras em preparação para a partida contra a Chapecoense, neste domingo, em Chapecó (SC), pela 23.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Os jogadores que iniciaram a partida fizeram um trabalho regenerativo no hotel, enquanto os reservas foram a campo. O técnico Mano Menezes indicou que usará um time misto no próximo jogo do Brasileirão. E pode ser a oportunidade do jovem atacante Raniel, de 21 anos, demonstrar que tem condições de brigar por uma vaga.

O jogador fez o seu primeiro jogo em uma decisão do profissional na última quinta-feira ao entrar no segundo tempo. "Foi um sonho realizado, por estar em um local onde tantos jogadores bons passaram. Poder participar de uma final no estádio foi muito importante, mais importante ainda pelo resultado. Estou muito feliz por ter jogado uma final no Maracanã", revelou.

Animado por ganhar espaço na equipe, Raniel foi comedido ao falar sobre a possibilidade de começar o duelo contra a Chapecoense como titular. "O professor Mano ainda não passou nada para nós sobre o time que vai jogar. Os jogadores dentro de campo vão fazer de tudo para corresponder", comentou.

A delegação que vai a Chapecó terá duas mudanças em relação a que disputou a Copa do Brasil. Arthur e Lucas Romero retornaram a Belo Horizonte para aprimorar condicionamento físico. Digão e Sassá, que não estão inscritos no torneio mata-mata, se juntaram ao elenco.

Mais conteúdo sobre:
Cruzeiro Esporte Clube Mano Menezes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.