Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Cuca revela que Felipe Melo e preparador físico tiveram multa de 20% dos salários

Técnico do Palmeiras ameniza conflito interno no clube, mas faz alerta: 'Que não ocorra mais'

O Estado de S. Paulo

25 Maio 2017 | 20h04

O técnico Cuca, do Palmeiras, confirmou nesta quinta-feira, em entrevista à TV Bandeirantes, qual a multa a ser aplicada para o volante Felipe Melo e o preparador físico Omar Feitosa pelo desentendimento durante o treino do time na última segunda-feira. Cada um vai terá desconto em 20% do salário, em medida que para o treinador, é a adequada para evitar novos atritos.

"O Felipe teve um desentendimento com o Omar dentro de campo, uma exposição no momento desnecessário, numa véspera de Libertadores, que pode ter consequência. Não foi legal. Foi pra dentro, reuniu, e fiz o que tinha pra fazer dentro do vestiário. Já passou, é assunto superado, mas que não ocorra mais", disse o treinador. O valor descontado será destinado para uma instituição de caridade.

Cuca afirmou que o diretor de futebol, Alexandre Mattos, teve atuação perfeita para mediar o conflito. "A gente tem que ter lá dentro uma disciplina e isso cabe pra todos, se não daqui a pouco as coisas passam uma por cima da outra", comentou. O assunto foi resolvido instantes depois, ao fim da atividade, quando o elenco se encontrou no vestiário.

A dupla se desentendeu ao fim da atividade recreativa, conhecida como o 'rachão'. Felipe Melo e Omar Feitosa discutiram sobre o placar final do treino. A conversa ficou ríspida e o próprio Cuca precisou ir até os dois para acalmar os ânimos. 

Mais conteúdo sobre:
Palmeiras Cuca Cuca (técnico) Felipe Melo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.