Cúper nega atrito com Ronaldo

Mais um capítulo da novela. Apontado como o responsável pela vontade de Ronaldo deixar a Inter de Milão, o técnico argentino Héctor Cúper resolveu se defender. ?Nunca tive problemas com Ronaldo. Na temporada passada, ele treinou e trabalhou, chegando a um passo do ?scudetto? com a Inter e ao triunfo no Mundial?, disse o treinador, desmentindo qualquer atrito com o atacante brasileiro. Cúper admitiu que Ronaldo fará muita falta caso deixe mesmo a Inter - Real Madrid e Manchester United já mostraram interesse em contratá-lo. Ao falar do brasileiro, o técnico disse que ?não há muitos jogadores como ele no mundo?, mas também afirmou que não quer ninguém insatisfeito em seu elenco. O argentino só não quis opinar sobre a eventual transferência do Fenômeno: ?Isso cabe ao clube, que buscou sempre uma solução adequada?. Enquanto isso, Ronaldo segue treinando sozinho, acompanhado apenas pelo preparador físico Claudio Gaudino, esperando a solução do seu caso. Afinal, ele já deixou bem claro que não quer permanecer na Inter. Mas o problema está bem perto de ser resolvido, já que o presidente do clube de Milão, Massimo Moratti, retorna neste domingo das férias e deve ter uma conversa definitiva com o brasileiro.

Agencia Estado,

11 Agosto 2002 | 11h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.