1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail
Futebol Internacional

Daniel Alves e Cristiano Ronaldo discutem antes de premiação da Fifa

- Atualizado: 12 Janeiro 2016 | 07h 52

Português cobrou o brasileiro por declarações após clássico

Cristiano Ronaldo aproveitou o primeiro encontro com Daniel Alves para cobrá-lo pelas declarações depois do clássico em que o Barcelona goleou o Real Madrid, em 21 de novembro do ano passado, pelo Campeonato Espanhol. Segundo o jornal Marca, houve trocas de acusações e palavras muito sérias.

A discussão aconteceu durante uma sessão de fotos em um hotel em Zurique. O brasileiro e o português foram eleitos para o time do ano da Fifa e, por isso, se encontraram antes da premiação que consagrou Messi como o melhor jogador de 2015. Cristiano Ronaldo ficou em segundo, com Neymar em terceiro.

Depois da vitória por 4 a 0 no clássico, Daniel Alves afirmou que "Cristiano é muito artista, um ator principal. Quando ganha, fala de você. Quando perde, tem de engolir", o que certamente irritou o craque português.

Jogadores mostram lado 'fashion' na entrega da Bola de Ouro 2015
EFE/Valeriano Di Domenico
Pogba

Se neste ano Messi usou um terno comportado para a entrega da Bola de Ouro, o francês Pogba apareceu mais 'extravagante' na festa.

Os jornais espanhóis que relataram o ocorrido com Daniel Alves fizeram questão de destacar que Cristiano Ronaldo manteve uma relação cordial com Messi e Neymar, outros jogadores do Barcelona que participaram da premiação, assim como com Iniesta. 

Na entrevista depois da premiação, o lateral do Barcelona cutucou mais uma vez o português. "Me surpreende (Neymar não ser o segundo no Bola de Ouro), mas choram quando digo essas coisas", afirmou o brasileiro. "Quando Léo não vencer, o vencedor será Ney", disparou.

Futebol Internacional
Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX