Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Lucas Uebel/Grêmio FBPA

De olho na Libertadores e com time misto, Grêmio pega Vasco para colar no líder

Renato Gaúcho decide poupar jogadores na ida ao Rio de Janeiro visando partida contra o Botafogo no Engenhão

Estadão Conteúdo

09 Setembro 2017 | 08h09

Com um olho na Copa Libertadores e outro no líder Corinthians, o Grêmio visita o Vasco neste sábado, às 18 horas, no estádio de São Januário, no Rio, pela 23.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico Renato Gaúcho não confirmou a escalação, mas a tendência é que mande a campo uma equipe mista.

O time é o atual vice-líder do Brasileirão com 43 pontos, sete a menos do que o Corinthians. Mas apesar de estar vivo na briga pelo título existe a preocupação com o desgaste físico dos titulares. Isso porque o Grêmio encara o Botafogo, na próxima quarta-feira, no Engenhão, no jogo de ida das quartas de final da Libertadores.

Por isso, Renato deve mesclar titulares e reservas. Dois dos principais jogadores do elenco que devem ficar de fora são o zagueiro Pedro Geromel e o atacante Luan. O primeiro voltou aos treinos na última semana após se recuperar de problema muscular. O outro teve diagnosticado na sexta-feira um edema na coxa e já iniciou trabalhos de recuperação.

A zaga deve ser formada por Bressan e Kannemann, titulares na goleada sobre o Sport por 5 a 0, na última rodada. No ataque, Renato tem como opções o peruano Beto da Silva e o equatoriano Arroyo.

A principal novidade na lista de relacionados, no entanto, fica por conta de presença do volante Cristian. Contratado na última semana junto ao Corinthians, o jogador de 33 anos pode fazer sua estreia pelo time tricolor. A tendência é que comece no banco de reservas.

Mais conteúdo sobre:
Grêmio futebol Grêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.