Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

De olho no clássico, Carille mexe no Corinthians e escala Kazim e garotos da base

Equipe alvinegra enfrenta o Audax, no sábado, em Osasco, pelo Paulistão

Daniel Batista, Estadao Conteudo

17 Fevereiro 2017 | 11h30

A sequência de jogos e a proximidade do clássico com o Palmeiras, marcado para a próxima quarta-feira, fizeram com que o técnico Fábio Carille mexesse na equipe do Corinthians para encarar o Audax, sábado, em Osasco. Guilherme Arana, Camacho, Kazim e Léo Jabá são as novidades do time que busca a segunda vitória consecutiva no Campeonato Paulista.

O elenco participou de um treino físico e, em seguida, Carille separou os 11 titulares para o jogo do Audax em um gramado, enquanto os demais atletas faziam um trabalho tático no campo ao lado. Os 11 que devem iniciar a partida neste sábado são: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel, Camacho, Rodriguinho, Romero e Kazim; Léo Jabá.

Em relação ao time que derrotou o Novorizontino na última quarta-feira serão quatro alterações. Arana, Camacho, Kazim e Léo Jabá entram, respectivamente, nos lugares de Moisés, Fellipe Bastos, Marlone e Jô.

Marlone, Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel fizeram trabalha na academia e não foram para o gramado. Carille disse, após o confronto com o Novorizontino, que deveria promover algumas mudanças em decorrência do desgaste físico de alguns atletas. Fellipe Bastos, por exemplo, precisou ser substituído nos quatro jogos da temporada em que foi titular, por cansaço.

Arana e Léo Jabá fizeram parte da seleção brasileira sub-20 que disputou o Sul-Americano da categoria e, com um desempenho muito fraco, acabou ficando sem vaga para o Mundial. Já Camacho foi titular no ano passado, mas perdeu espaço com a chegada de Fellipe Bastos. Quanto a Kazim, Carille acredita que ele possa ser opção tanto jogando mais recuado, auxiliando o centroavante, como jogando mais à frente.

Mais conteúdo sobre:
futebol Corinthians Palmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.