De virada, Grêmio vence Coritiba

Num jogo cheio de alternativas, com quatro expulsões e dez cartões amarelos, o Grêmio venceu o Coritiba, de virada, por 4 a 3, neste domingo, em Porto Alegre, pela 13ª rodada da Copa Sul-Minas. Com o resultado, o Grêmio foi para o segundo lugar na tabela de classificação, com 25 pontos, enquanto o Coritiba, com 17, está eliminado. Sem quatro titulares suspensos por expulsão e cartões amarelos, o Grêmio foi totalmente dominado pelo adversário no primeiro tempo que, aos oito minutos, já vencia por 1 a 0, gol de Liédson. O Grêmio, que precisava vencer para continuar com chances de classificação na competição, não conseguia chegar na fechada defesa adversária. Isto continuou no segundo tempo, quando Liédson, num pênalti cometido por Polga, fez 2 a 0. A reação do Grêmio veio aos 16 minutos com Ânderson Lima, cobrando falta e Rodrigo Fabri, aos 28, num chute de fora da área. Na saída de bola, Liédson, outra vez, fez 3 a 2 para o Coritiba, aos 29. Quando tudo parecia terminado, as duas equipes com nove jogadores, devido às expulsões de Ânderson Lima e Polga (Grêmio), Picolli e Williams (Coritiba), Luiz Mário empatou aos 35 e Grafite fez o gol da vitória aos 48, após cobrança de escanteio.

Agencia Estado,

31 Março 2002 | 19h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.