Daniel Augusto Jr/Ag Corinthians
Daniel Augusto Jr/Ag Corinthians

Decisão sobre efeito suspensivo de Fagner será anunciada na sexta-feira

TJD-SP ainda analisa o recurso do Corinthians pelo lateral-direito

Gonçalo Junior e Nathalia Garcia, O Estado de S. Paulo

04 Maio 2017 | 16h17

A expectativa do Corinthians sobre a presença de Fagner na final do Campeonato Paulista contra a Ponte Preta, domingo, às 16h, vai durar mais um dia. A decisão sobre o pedido de efeito suspensivo para a punição do lateral-direito, que estava prevista para ser anunciada nesta quinta-feira, será divulgada apenas na manhã de sexta.

O Tribunal de Justiça Desportiva do Estado de São Paulo (TJD-SP) ainda analisa o recurso feito pelo advogado do Corinthians, João Zanforlin. Na última terça-feira, Fagner foi suspenso por uma partida por troca de ofensas e agressões com o meia Cueva – apenas advertido - no clássico entre Corinthians e São Paulo, válido pela semifinal do Campeonato Paulista, disputado no dia 23 de abril.

No julgamento, a decisão foi apertada (3 a 2) e deixou a defesa corintiana confiante de que poderá reverter a punição. Fagner e Cueva foram citados no artigo 250 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, caracterizado pela prática de ato hostil ou desleal. A Procuradoria do TJD afirmou que houve conduta hostil dos jogadores, agravada por ter sido fora da disputa de bola. Fagner, que treinava no CT Joaquim Grava, foi representado pelo diretor de futebol do Corinthians, Flavio Adauto, na terça-feira.

Caso Fagner não possa entrar em campo na Arena Corinthians, a lateral direita da equipe será ocupada por Léo Príncipe. Enquanto a ausência não está confirmada, o técnico Fábio Carille tem escalado o jogador entre os titulares nas atividades no CT Joaquim Grava em preparação para a final do Campeonato Paulista.

Mais conteúdo sobre:
Futebol Futebol Corinthians Fagner

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.