1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Deivid repete escalação do Cruzeiro pela primeira vez em 2016

- Atualizado: 26 Fevereiro 2016 | 16h 32

O Cruzeiro não terá novidades na sua escalação para o duelo com o América, neste domingo, no Mineirão, pela quinta rodada do Campeonato Mineiro. Nesta sexta-feira, o técnico Deivid confirmou que vai repetir a formação que iniciou a vitória sobre o Tricordiano, no último fim de semana. Assim, pela primeira vez a equipe não sofrerá alterações de um jogo para outro nesta temporada.

"Sempre bom você repetir a equipe, pegar mais entrosamento, estar mais confiante e é bom no comecinho, testando um, testando outro, encontrar o melhor posicionamento e esquema tático", afirmou Deivid, que minimizou as críticas que o Cruzeiro vem sofrendo neste início de ano, pela dificuldade que vem tendo para conquistar resultados positivos.

"Evoluímos muito, nos treinos e jogos. Os gols não estão saindo, estamos ganhando de 1 a 0, e é claro que quero ganhar. Se ganhar de 3 a 0 ou 4 a 0 será melhor, mas a vitória é o mais importante. Evoluímos muito bem no jogo do Tricordiano, mas ficou marcado por fazermos um gol só. Tivemos sete ou oito oportunidades. Criando e ganhando o jogo é o que importa", disse.

Assim, o Cruzeiro vai entrar em campo para enfrentar o América com a seguinte formação: Fábio; Fabiano, Dedé, Bruno Rodrigo e Fabrício; Henrique, Lucas Romero e Sánchez Miño; De Arrascaeta, Alisson e Willian. Deivid projeta um grande duelo e espera uma vitória diante do tradicional adversário para dar mais confiança para a sequência do Campeonato Mineiro.

"Um jogo bom, um clássico, a expectativa é muito grande, esperamos fazer uma grande partida e sair com os três pontos. Respeito muito o Givanildo, grande treinador, mostrou isso em vários clubes, mas até o apito inicial, depois quero ganhar esse jogo. Temos consciência que podemos melhorar, temos que jogar bem para ganhar o jogo. Isso aumenta a confiança", afirmou.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX