AP Photo/ Nikolas Giakoumidis
AP Photo/ Nikolas Giakoumidis

Desafeto de Ronaldo, Héctor Cúper assume a seleção do Egito

Argentino esteve com brasileiro na Inter de Milão, entre 2001 e 2002

Estadão Conteúdo

02 Março 2015 | 20h17

Desafeto público do ex-jogador Ronaldo, o técnico Héctor Cúper foi anunciado, nesta segunda-feira, como novo treinador do Egito. Na seleção africana, terá a função de tentar levar o país, maior campeão da Copa Africana de Nações, de volta a uma edição de Copa do Mundo depois de 28 anos.

Heptacampeão da Copa Africana, o Egito vive uma crise técnica, desde o título de 2010, sequer consegue classificação para o torneio regional - já são três edições sem a participação egípcia.

Depois de falhar na classificação para a Copa do Mundo do Brasil, o norte-americano Bob Bradley foi demitido, deixando o cargo vago. Cúper, seu substituto, estava há um ano desempregado depois de ser demitido do Al Wasl, dos Emirados Árabes Unidos. Sua única passagem por seleção foi na Geórgia, entre 2008 e 2009.

O treinador, entretanto, já treinou grandes clubes europeus, com destaque para Valencia, Inter de Milão e Betis. Na Inter, entrou em conflito com Ronaldo, que reclamava ser escalado sem condições físicas e vetado quando vivia boas fases.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.