Alexandre Lops/Divulgação
Alexandre Lops/Divulgação

Desfalcado, Inter enfrenta Emelec pela ponta na Libertadores

Sem D'Alessandro e Nilmar, time precisa vencer para chegar ao topo

Estadão Conteúdo

18 Março 2015 | 07h49

Desfalcado de D'Alessandro e Nilmar, que ainda se recuperam de lesões, o Internacional vai a campo nesta quarta-feira diante do Emelec, às 19h45 (horário de Brasília), fora de casa, no jogo que valerá a liderança do Grupo 4 da Copa Libertadores. Sem poder contar com os dois importantes jogadores, o time terá de voltar a bater o rival, derrotado por 3 a 2 em Porto Alegre, na semana retrasada, para poder assumir o topo.

Emelec e Inter somam seis pontos no Grupo 4 da Libertadores, mas o time equatoriano tem melhor saldo e por isso iniciou esta quarta rodada da competição como líder da chave. 

Para o técnico Diego Aguirre, o consolo para as baixas de peso será a volta do chileno Charles Aránguiz, recuperado de lesão, que está pronto para defender a equipe colorada no acanhado Estádio de Jokay, na cidade de Manta, localizada a cerca de 180 quilômetros de Guayaquil.

Sem D'Alessandro e Nilmar, Aguirre escalou o Inter no defensivo esquema 3-6-1, com apenas Eduardo Sasha mais adiantado no ataque. Entretanto, o treinador uruguaio levou outros quatro jogadores de frente para o Equador. São eles: Jorge Henrique, Rafael Moura, Taiberson e Vitinho, que servirão como opção para entrar durante o confronto.

No Emelec, a principal novidade no jogo desta quarta-feira estará no comando. O técnico Gustavo Quinteros deixou o cargo que ocupava no time para assumir a seleção do Equador. Após a sua saída, o clube contratou o argentino Omar de Felippe como substituto. A repentina troca de comando, porém, não é vista por Aguirre como uma vantagem para o Inter. "É um time que está bem, que foi campeão (equatoriano) nos últimos dois anos e que tem os mesmos jogadores", lembrou.

Mais conteúdo sobre:
futebol Copa Libertadores Inter Emelec

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.