1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Diante do Sport, Criciúma busca 1ª vitória fora de casa

Rafael Thomé e Angela Lacerda - Estadão Conteúdo

31 Agosto 2014 | 09h 06

Pensando em deixar o grupo dos quatro últimos colocados no Brasileirão, equipe catarinense precisa muito dos três pontos

A vitória por 2 a 1 sobre o São Paulo na última quinta-feira, pela Copa Sul-Americana, renovou os ânimos do Criciúma. Na zona de rebaixamento do Brasileirão, o clube catarinense viaja ao Recife para enfrentar o Sport, neste domingo, 31, pensando em deixar o grupo dos quatro últimos colocados - está com 17 pontos.

Para se livrar da zona de rebaixamento, o Criciúma terá que superar as adversidades encontradas na Ilha do Retiro e realizar um feito inédito na sua participação nesta edição do Brasileirão: vencer fora de casa - até agora, somou três empates e cinco derrotas como visitante.

Somado a isso, o time ainda tem a missão de se adaptar ao esquema de jogo do técnico interino Wilson Vaterkemper. A fraca campanha após a Copa do Mundo, com apenas uma vitória em oito partidas, culminou com a demissão de Wagner Lopes no domingo passado, mas o clube ainda não encontrou um substituto.

Fernando Ribeiro/Criciúma
Criciúma luta para deixar o grupo dos quatro últimos colocados

Diante do São Paulo, Wilson Vaterkemper aprovou o desempenho da equipe. Assim, deve manter o sistema de jogo. "A tendência é manter a postura, ainda que tenhamos perdido jogadores para este jogo", comentou o técnico interino.

Silvinho, autor de um dos gols da equipe contra o São Paulo, está fora por conta de um desgaste muscular. Assim, deve dar lugar a Lucca, que também balançou a rede do goleiro Rogério Ceni na Sul-Americana. Para completar, o veterano meia Paulo Baier deve ser poupado.

Já pelo Sport, equipe tem a tarefa de voltar a marcar pontos depois de vários resultados negativos - não somente no Campeonato Brasileiro.

Diante da goleada que sofreu de 4 a 1 para o Fluminense, no domingo passado, no Rio, e da derrota, na última quinta, para o Vitória na estreia pela Copa Sul Americana, o técnico Eduardo Baptista indicou a necessidade de substituições e mudanças no time, mas só deverá confirmar a equipe momentos antes do jogo.

Mesmo em uma fase ruim, o Sport está em oitavo lugar no Brasileirão, com 25 pontos. Não tem nenhum jogador suspenso e deve jogar no esquema tático 4-3-3.