1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Diego Costa garante que Luiz Felipe Scolari nunca o telefonou

Agência Estado

07 Junho 2014 | 10h 01

Atacante nega que tenha recebido alguma garantia de que seria convocado para defender a seleção brasileira na Copa do Mundo

Atacante da seleção espanhola, Diego Costa negou que tenha recebido de Luiz Felipe Scolari a garantia de que seria convocado para disputar a Copa do Mundo pelo Brasil. Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo publicada em 26 de maio, Felipão afirmou que teve duas conversas com o sergipano de Lagarto em que lhe avisou que ele estaria na Mundial.

"Scolari nunca me telefonou. O único treinador com quem eu falei foi com Del Bosque (da seleção espanhola), que se preocupou comigo, ele me chamou para uma refeição e me fez saber que contava comigo", afirmou o jogador na sexta-feira, que está com a delegação espanhola em Washington. "Sou brasileiro e isso nunca vai mudar, mas quero ganhar a Copa do Mundo pela Espanha", disse o atacante.

Diego Costa está recuperado da lesão que o tirou da final da Liga dos Campeões

Recuperado de uma lesão na coxa direita sofrida no final da temporada, Diego Costa foi confirmado no amistoso deste sábado por Vicente del Bosque contra El Salvador, em Washington. O técnico afirmou na sexta-feira que quer testar a condição física do atleta na partida, mas garantiu que ele não iria à campo se houvesse risco.

A expectativa é que ele esteja pronto para a estreia espanhola no Mundial, na próxima sexta-feira, contra a Holanda, na Fonte Nova, em Salvador. Em seguida, a equipe enfrenta o Chile cinco dias depois, no Maracanã, no Rio, e no dia 23 termina participação no Grupo B contra a Austrália, na Arena da Baixada, em Curitiba.

Copa 2014