1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Dilma lamenta lesão e manifesta o seu apoio ao jogador Neymar

Leandro Silveira - enviado especial a Fortaleza - O Estado de S. Paulo

04 Julho 2014 | 23h 19

Além da presidente, outros famosos como Messi, Kaká, Podolski e Kobe Bryant se solidarizaram com o atacante

A lesão sofrida pelo atacante Neymar durante a vitória da seleção brasileira por 2 a 1 sobre a Colômbia, pelas quartas de final da Copa do Mundo, em Fortaleza, provocou comoção mundial. A fratura na terceira vértebra provocada pela joelhada de Zuñiga vai deixar o astro de fora do restante da competição. Diante desse cenário, a presidente Dilma Rousseff manifestou seu apoio ao craque brasileiro.

"Como todos os brasileiros, sou solidária a Neymar. Força, Neymar", escreveu no seu perfil no Twitter, rede de microblogs na internet. "É hora de união em torno da seleção brasileira de Felipão e Parreira. Vai, Brasil", acrescentou. "Todo nosso apoio a Neymar", concluiu a presidente.

Dilma foi apenas uma das centenas de personalidades que prestaram apoio público a Neymar. Entre eles, está o atacante argentino Messi, companheiro do brasileiro no Barcelona. "Neymar, espero que você se recupere logo, amigo", escreveu, na rede social Facebook.

Reprodução
Dilma postou mensagens no Twitter

O meia Kaká seguiu a mesma linha. Ele publicou foto com Neymar e seu filho Luca, tirada momentos antes da abertura da Copa, e prestou o seu apoio ao atacante. "Eu, Luca, minha família e muita gente nesse mundo está orando e torcendo pela sua recuperação! Estamos juntos, irmão", escreveu, no Instagram, rede social de compartilhamento de fotos.

Um dos maiores nomes do basquete, Kobe Bryant condenou a entrada de Zuñiga. "A porrada em Neymar é um exemplo péssimo e sem classe de como competir", criticou o astro da NBA e fã de futebol, em seu perfil no Twitter.

Com 22 anos, Neymar estava participando da sua primeira Copa do Mundo. O atacante marcou quatro gols em cinco partidas e foi eleito o melhor jogador das vitórias sobre a Croácia (3 a 1) e Camarões (4 a 1). Agora, porém, o craque está fora da competição e desfalcará o Brasil nesta terça-feira, em Belo Horizonte, diante da Alemanha, em partida válida pelas semifinais.

Copa 2014

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo