1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail
Copa 2014

Dilma lamenta lesão e manifesta o seu apoio ao jogador Neymar

Além da presidente, outros famosos como Messi, Kaká, Podolski e Kobe Bryant se solidarizaram com o atacante

A lesão sofrida pelo atacante Neymar durante a vitória da seleção brasileira por 2 a 1 sobre a Colômbia, pelas quartas de final da Copa do Mundo, em Fortaleza, provocou comoção mundial. A fratura na terceira vértebra provocada pela joelhada de Zuñiga vai deixar o astro de fora do restante da competição. Diante desse cenário, a presidente Dilma Rousseff manifestou seu apoio ao craque brasileiro.

"Como todos os brasileiros, sou solidária a Neymar. Força, Neymar", escreveu no seu perfil no Twitter, rede de microblogs na internet. "É hora de união em torno da seleção brasileira de Felipão e Parreira. Vai, Brasil", acrescentou. "Todo nosso apoio a Neymar", concluiu a presidente.

Dilma foi apenas uma das centenas de personalidades que prestaram apoio público a Neymar. Entre eles, está o atacante argentino Messi, companheiro do brasileiro no Barcelona. "Neymar, espero que você se recupere logo, amigo", escreveu, na rede social Facebook.

Dilma postou mensagens no Twitter
Dilma postou mensagens no Twitter

O meia Kaká seguiu a mesma linha. Ele publicou foto com Neymar e seu filho Luca, tirada momentos antes da abertura da Copa, e prestou o seu apoio ao atacante. "Eu, Luca, minha família e muita gente nesse mundo está orando e torcendo pela sua recuperação! Estamos juntos, irmão", escreveu, no Instagram, rede social de compartilhamento de fotos.

Um dos maiores nomes do basquete, Kobe Bryant condenou a entrada de Zuñiga. "A porrada em Neymar é um exemplo péssimo e sem classe de como competir", criticou o astro da NBA e fã de futebol, em seu perfil no Twitter.

Com 22 anos, Neymar estava participando da sua primeira Copa do Mundo. O atacante marcou quatro gols em cinco partidas e foi eleito o melhor jogador das vitórias sobre a Croácia (3 a 1) e Camarões (4 a 1). Agora, porém, o craque está fora da competição e desfalcará o Brasil nesta terça-feira, em Belo Horizonte, diante da Alemanha, em partida válida pelas semifinais.

Copa 2014