1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Dilma Rousseff faz inauguração oficial do novo Beira-Rio

Agência Estado

20 Fevereiro 2014 | 09h 53

Totalmente reformado, o estádio do Inter é o oitavo a ser entregue para a Copa do Mundo

PORTO ALEGRE - Apesar de já ter recebido um jogo oficial no último sábado, o novo Beira-Rio foi formalmente inaugurado na manhã desta quinta-feira, com a participação da presidente Dilma Rousseff. Totalmente reformado para ser um dos 12 palcos da Copa do Mundo, o estádio do Inter é o oitavo a ser entregue para a competição que acontecerá entre junho e julho.

Antes do Beira-Rio, já tinham sido entregues os estádios de Brasília, Rio, Belo Horizonte, Salvador, Fortaleza, Recife e Natal. Na semana passada, Dilma fez a inauguração informal da Arena Amazônia, em Manaus, mas as obras no local ainda não terminaram. Agora, faltam apenas a Arena Pantanal, em Cuiabá, o Itaquerão, em São Paulo, e a Arena da Baixada, em Curitiba.

O Beira-Rio é o primeiro dos três estádios particulares da Copa do Mundo a ser entregue - os outros dois, Itaquerão e Arena da Baixada, ainda estão em obras. E já foi utilizado pelo Inter no último sábado, quando a equipe goleou o Caxias por 4 a 0 em jogo válido pelo Campeonato Gaúcho. Na ocasião, as arquibancadas receberam um público reduzido de apenas 10 mil pessoas e a partida acabou servindo como um evento-teste antes da inauguração oficial.

Na cerimônia desta quinta-feira, Dilma foi acompanhada pelo governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, pelo prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, pelo ministro do Esporte, Aldo Rebelo, pelo secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, pelo ex-jogador Ronaldo, membro do Comitê Organizador Local da Copa, e pela diretoria do Inter, entre outras autoridades.

FOTO COM O TIME

Cumprindo o mesmo ritual que vem fazendo na inauguração de todos os estádios construídos ou reformados para a Copa, a presidente conheceu parte das novas instalações do Beira-Rio, conversou com autoridades, cumprimentou alguns operários da obra e deu um pontapé inicial no centro do gramado. Parecia se divertir. Dessa vez, porém, teve uma novidade na cerimônia: a participação dos jogadores do elenco do Inter, todos devidamente uniformizados, com quem a presidente posou para fotos.

Com orçamento de R$ 330 milhões, sendo R$ 275 milhões de financiamento federal, a reforma do Beira-Rio durou cerca de 24 meses. Agora com 50 mil lugares, o estádio originalmente inaugurado em 1969 receberá cinco jogos na Copa do Mundo: França x Honduras, Austrália x Holanda, Coreia do Sul x Argélia, Nigéria x Argentina e um outro válido pelas oitavas de final.

Copa 2014

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo