1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Dirigente corintiano condena 'cavadinha' de Matheus Pereira

- Atualizado: 25 Janeiro 2016 | 15h 38

Meia errou pênalti na derrota para o Flamengo na Copinha

A fracassada tentativa de Matheus Pereira de dar uma "cavadinha" na decisão por pênaltis da Copa São Paulo de Futebol Junior não foi bem digerida pela diretoria do Corinthians. O meia mandou a bola para fora e acabou criticado pelo coordenador técnico do clube, o ex-lateral Alessandro.

O dirigente assistiu ao jogo ao lado do técnico Tite e do presidente do clube, Roberto Andrade, e classificou o chute de Matheus Pereira como um "gesto técnico ruim". Após empate por 2 a 2 no tempo normal, o Corinthians perdeu por 4 a 3 nos pênaltis. Além de Matheus Pereira, erraram as suas cobranças Gabriel Vasconcelos e Claudinho.

Matheus marcou no tempo normal, mas errou sua cobrança de pênalti
Matheus marcou no tempo normal, mas errou sua cobrança de pênalti

"O Matheus Pereira fez a escolha de uma cavadinha e o histórico dessas cavadas não é nem um pouco positivo para nós aqui no Corinthians", disse Alessandro, em referência ao pênalti desperdiçado por Alexandre Pato contra o Grêmio, na Copa do Brasil de 2013.

Depois daquele erro em Porto Alegre, o atacante passou a ser o principal alvo de críticas da torcida e no início de 2014 pediu para deixar o Parque São Jorge. Para evitar que Matheus Pereira também passe a ser perseguido pela torcida, Alessandro fez questão de ressaltar que meia ainda é garoto e foi um dos principais destaques da campanha do Corinthians na Copa São Paulo.

"É um atleta que a gente tem total confiança. Sabemos do potencial dele. Não existe cobrança imediata em cima de um gesto técnico ruim. Ele fez 99% da competição em altíssimo nível. É um excelente atleta", disse o ex-lateral.

Habilidoso, Matheus Pereira subiu para o time profissional no ano passado, mas teve pouco espaço e acabou "rebaixado" para a equipe sub-20 para disputar a Copa São Paulo. Ainda não está definido se o meia voltará para o time principal e será incluindo na lista de 28 atletas inscritos para o Campeonato Paulista ou se será emprestado para outro clube. "Ainda vamos conversar com a comissão técnica e os garotos para definir como serão os próximos passos", disse Alessandro.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX