Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » Dunga corta Alex Sandro por contusão e chama Marcelo

Futebol

Esportes

futebol

Dunga corta Alex Sandro por contusão e chama Marcelo

Fora da primeira convocação, lateral-esquerdo, titular durante toda a Copa do Mundo, jogará os amistosos com Colômbia e Equador

0

Estadão Conteúdo

31 Agosto 2014 | 10h28

Titular durante a última Copa do Mundo, o lateral-esquerdo Marcelo está de volta à seleção brasileira. O jogador do Real Madrid foi convocado na manhã deste domingo pelo técnico Dunga para os amistosos contra Colômbia e Equador, ambos nos Estados Unidos, em substituição a Alex Sandro, contundido.

Alex Sandro precisou ser cortado por causa de uma mialgia na coxa esquerda. O jogador se machucou na vitória do Porto por 2 a 0 sobre o Lille, na última terça-feira, em Portugal, pelo confronto de volta da fase final dos playoffs classificatórios para a fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa.

Assim, Dunga cortou Alex Sandro e optou por convocar Marcelo, que havia ficado fora da lista inicial de convocados do treinador para os duelos com a Colômbia no dia 5 de setembro, em Miami, e contra o Equador, no dia 9 de setembro, em New Jersey.

Com isso, nos primeiros amistosos da seleção após a Copa, a equipe contará com 10 jogadores que foram levados por Luiz Felipe Scolari para o Mundial, porque na tarde deste domingo, Hulk também foi cortado para a convocação de Robinho. Além de Marcelo, Dunga também chamou o goleiro Jefferson, o lateral-direito Maicon, o zagueiro David Luiz, os volantes Luiz Gustavo, Fernandinho e Ramires, os meias Oscar e Willian e o atacante Neymar.

De volta à seleção, Marcelo vai disputar uma vaga para ser titular da seleção com o lateral-esquerdo Filipe Luís, que trocou o Atlético de Madrid pelo Chelsea na atual janela de transferências do futebol europeu. A seleção se apresenta nesta segunda-feira em Miami, local do amistoso contra a Colômbia, para iniciar a preparação para os dois primeiros amistosos depois da Copa do Mundo. Os membros da delegação que estão no Brasil têm viagem prevista para esta noite aos Estados Unidos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.