1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Dunga chama 'chineses' Gil e Renato Augusto para seleção brasileira

- Atualizado: 03 Março 2016 | 11h 51

Treinador convoca equipe para jogos contra Uruguai e Paraguai

O técnico Dunga decidiu manter o zagueiro Gil e o meia-atacante Renato Augusto na seleção brasileira, apesar das recentes transferências dos ex-jogadores do Corinthians para o pouco competitivo mercado chinês. Na lista de convocados divulgada nesta quinta-feira, o treinador descartou os goleiros Jefferson e Cássio para as partidas contra Uruguai e Paraguai e chamou pela primeira vez o lateral-esquerdo Alex Sandro, nos dias 25 e 29 deste mês, pelas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2018.

Gil e Renato Augusto se tornaram o maior motivo de expectativa antes da atual convocação em razão da saída do Corinthians rumo ao futebol chinês, no início deste ano. O zagueiro foi defender o Shandong Luneng enquanto o meia está vestindo a camisa do Beijing Guoan após debandada de brasileiros em meio a pesadas ofertas financeiras da China.

Dunga faz primeira convocação da seleção brasileira em 2016
Dunga faz primeira convocação da seleção brasileira em 2016

A dupla, chamada para os últimos dois jogos da seleção em 2015, foi mantida na primeira lista de Dunga após a transferência para a China, assim como aconteceu com o meia Ricardo Goulart e o atacante Diego Tardelli. Os ex-jogadores de Cruzeiro e Atlético-MG também foram jogar no futebol chinês e acabaram perdendo espaço na seleção nos últimos meses.

Dunga também surpreendeu nesta quinta ao descartar os goleiros Cássio e Jefferson. O corintiano se recuperou recentemente de lesão, mas foi titular na partida de quarta, pela Copa Libertadores. Cássio havia sido a surpresa do treinador da seleção para as últimas rodadas do ano passado, contra Argentina e Peru.

Também incluído naquela lista, Jefferson voltou a perder espaço no time e ficou de fora da atual convocação. O goleiro do Botafogo protagonizou polêmica no fim do ano ao reclamar publicamente por ter perdido a vaga de titular da seleção. Nesta semana, ele chegou a pedir espaço para jogar até na Olimpíada do Rio, que conta com time sub-23.

Com as ausências de Jefferson e Cássio, Alisson ganha força para seguir como titular. Marcelo Grohe, do Grêmio, voltou a ser chamado após ficar de fora da última lista por lesão. O terceiro goleiro foi Diego Alves, do Valencia. Ainda na defesa, o destaque foi a convocação de Alex Sandro, da Juventus. Ele foi chamado pela primeira vez por Dunga para ocupar o lugar de Marcelo. O atleta do Real Madrid está voltando de lesão.

Para o meio-campo, Dunga voltou a chamar Philippe Coutinho, em detrimento de Lucas Moura, e deu nova chance a Lucas Limas. O experiente Ricardo Oliveira, seu companheiro de Santos, também receberá outra oportunidade no grupo. Outro jogador com larga experiência a ganhar mais espaço foi Kaká. O jogador do Orlando City foi mantido na lista, em comparação à última convocação.

Os jogadores vão se apresentar à seleção no dia 21. No dia 25, o Brasil vai enfrentar o Uruguai, às 21h45, na Arena Pernambuco, na Região Metropolitana de Recife. No dia 29, no mesmo horário, o adversário será o Paraguai no Estádio Defensores Del Chaco, em Assunção.

A seleção brasileira ocupa a terceira colocação na tabela das Eliminatórias, com sete pontos. O Uruguai, próximo rival, é o vice-líder, com nove. E o Paraguai, adversário do dia 29, vem logo abaixo do Brasil, com os mesmos sete pontos, mas na quarta posição, por ter menor saldo de gols.

Confira abaixo a lista dos 23 jogadores convocados:

GOLEIROS - Alisson (Internacional), Marcelo Grohe (Grêmio) e Diego Alves (Valencia).

ZAGUEIROS - David Luiz (Paris Saint-Germain), Miranda (Inter de Milão), Marquinhos (Paris Saint-Germain) e Gil (Shandong Luneng).

LATERAIS - Danilo (Real Madrid), Daniel Alves (Barcelona), Filipe Luís (Atlético de Madrid) e Alex Sandro (Juventus).

MEIO-CAMPISTAS - Luiz Gustavo (Wolfsburg), Fernandinho (Manchester City), Renato Augusto (Beijing Guoan), Philippe Coutinho (Liverpool), Oscar (Chelsea), Lucas Lima (Santos), Willian (Chelsea), Kaká (Orlando City) e Douglas Costa (Bayern de Munique).

ATACANTES - Neymar (Barcelona), Hulk (Zenit) e Ricardo Oliveira (Santos).

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX